Cidades

Propaganda Eleitoral Gratuita em rádio e TV começa a partir de hoje

26/08/2016 08:01


Começa hoje a propaganda eleitoral gratuita no rádio e televisão em toda região. Os candidatos de Suzano farão propaganda na rádio local. Outros municípios que contam com emissoras de TV, como Mogi das Cruzes, disponibilizarão o horário para a transmissão obrigatória. As transmissões acontecerão duas vezes ao dia, de segunda a sábado, apenas no caso de campanha para prefeito. A Reforma Eleitoral de 2015 (Lei nº 13.165) acabou com a propaganda eleitoral em bloco para vereador. Os candidatos a vereador não terão espaço diariamente, mas em dias alternados, definidos pelo Tribunal. A propaganda eleitoral gratuita vai até o dia 29 de setembro. O período de transmissão desse ano foi reduzido de 45 para 35 dias, de acordo com a com a Reforma Eleitoral de 2016. No rádio, um bloco será apresentado das 7 horas às 7h10 e o outro de 12 horas às 12h10. Na TV, serão de 13 horas às 13h10 e das 20h30 às 20h40. Para a vendedora Aline Marcondes, o horário obrigatório é importante para conhecer melhor os candidatos. "Eu acompanho a propaganda durante a noite. Mesmo que sejam só promessas, os candidatos estão lá para expor as propostas. É meu dever como cidadã dar atenção e ver o que será melhor para o município". Já o açougueiro Carlos Wellington de Souza não pensa dessa forma. "Rádio só se for para ouvir música. E televisão só para filmes. De propaganda eleitoral estou fora. Não gosto de política. São apenas promessas, eu não acredito em nada. Além do mais, eu trabalho durante os horários das transmissões". A vendedora Nelde Santos também diz que trabalha durante os horários de transmissão. "Eu trabalho durante o dia e a noite eu não tenho o hábito de acompanhar a propaganda. Não me interesso muito e não me sinto culpada por isso, porque não temos bons exemplos na política e não somos incentivados a acompanhar os trabalhos. Às vezes, recebo alguns santinhos de políticos na rua, leio, mas é difícil acreditar no que dizem." Segundo o consultor de segurança Willer Franco, a política está desacreditada. "Acompanho pouco. Hoje em dia são raros os políticos que apresentam alguma proposta realmente boa. A maioria acha que é brincadeira, se prendem a jingles, cai pela sátira. É sem fundamento brincar com algo tão sério", completa. O gerente comercial Gersiel Correa também critica os jingles. "Esses carros de som não trazem resultado, totalmente sem conteúdo. Só incomoda a população. A propaganda na mídia, em rádio e TV, também não trazem confiança. Se quero conhecer um candidato busco a internet ou o meio pessoal, converso com o candidato e com conhecidos. Tenho fé que até outubro vou encontrar um bom candidato para prefeito e vereador. Não deixarei meu voto em branco".