Polícia

Autônomo ameaça filha e agride porteiro

07/03/2015 08:18


A Polícia Civil de Suzano deve investigar uma agressão que um porteiro, 24 anos, sofreu na noite de quinta, na Rua Ipês, no Jardim Urupês, em Suzano. O suspeito é um autônomo, de 43 anos, que também ameaçou sua própria filha, de 14 anos. Segundo o Boletim de Ocorrência (B.O.), a jovem já havia sido ameaçada e agredida anteriormente, inclusive registrando queixa contra seu progenitor. A garota estava em sua residência quando ouviu gritos ao lado de fora do imóvel. Receosa de que seu pai pudesse estar brigando, a jovem saiu para verificar e o flagrou segurando um canivete com o intuito de golpear um conhecido da família. INTERVENÇÃO NA TENTATIVA Amedrontada, a garota tentou intervir na tentativa e, neste momento, o agressor a ameaçou, caso o ajudasse. O autônomo conseguiu golpear o porteiro na face e, por ser lutador de jiu-jitsu, a vítima conseguiu imobilizá-lo e retirar o armamento. PORTEIRO Segundo o B.O, as agressões ocorreram, pois o autônomo acreditava que o porteiro mantivesse um relacionamento amoroso com sua esposa. No entanto, esta hipótese foi descartada por sua esposa. Tanto a garota ameaçada quando o porteiro poderão representar criminalmente contra o homem até o prazo de seis meses. O caso foi registrado na Delegacia de Polícia (DP) Central como lesão corporal, ameaça e violência doméstica.