Cidades

Número de filiados por partido não influencia em eleição, diz especialista

28/08/2016 08:00


Entre os partidos de Suzano o PT é o que mais possuí filiados, com 6.057 membros, seguido pelo PMDB, com 3.511 e o PDT, com 3.105. Apesar disso, o advogado e especialista em política, Olavo Câmara, afirma que a quantidade de filiados não influencia no resultado das eleições. De acordo com ele, a população brasileira realiza a escolha de candidato por pessoa e não partido. Outros partidos mais conhecidos, como PR, PSDB, PTB e o DEM então entre as dez primeiras legendas com o maior número de filiados. Todos possuem mais de dois mil membros em Suzano. Dos 36 partidos existentes no Brasil, o município conta com 33 deles ativos. Apesar desses altos números, Olavo Câmara conta que o País, diferente de outros países do mundo, não possui partidos antigos. Diversas siglas foram desintegradas durante os períodos de ditadura militar no Brasil. Atualmente, os partidos mais antigos existentes são do ano de 1979, como o PT e o PDT. "A influencia dos partidos devido ao número de filiados não existe. Há uma fragilidade nos partidos políticos brasileiros. Isso porque ninguém vota em partido", afirmou. De acordo com o advogado, o país conta com 36 partidos, sendo que mais dez novas siglas estão pedindo o registro e ainda há mais dez na clandestinidade. "Por isso que falo da fragilidade dos partidos brasileiros. Lá fora, em outros países se votam em partidos, aqui se votam em pessoas. Não há politização. O partido é a parte prática e burocrática", afirmou .    Câmara contou ainda que por um período a população começou a votar em um partido, no período em que o PT permanecia na presidência da república, mas que isso passou. Agora, Câmara afirma que os eleitores fazem três tipos de voto.