Cidades

Representação feminina aumenta nas eleições

06/09/2016 08:01


A representatividade das mulheres na eleição de Suzano aumentou 0,6% neste ano em comparação ao último pleito eleitoral municipal, em 2012. Na ocasião, do total de candidatos, 30,4% eram do sexo feminino. Neste ano, este número aumentou para 31%. Os dados são do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Em 2012, a cidade suzanense tinha 568 candidatos, incluindo aos cargos de prefeito, vice e vereador. Deste total, 173 eram mulheres e 395 eram homens. Haviam duas candidatas a vice-prefeita (Viviane Galvão - DEM e Walkiria de Oliveira - PCB), além de uma candidata a prefeita (Carmen Lúcia Lorente, a Carminha). Neste ano, o município conta com 480 candidatos, sendo 148 do sexo feminino e 332, do masculino. Na eleição majoritária, há apenas duas mulheres, a candidata a prefeita Carminha e a candidata a vice de Israel Lacerda (PTB), Lilian Diniz (PV). OBRIGATORIEDADE Com o percentual, Suzano cumpre a obrigatoriedade da Lei Eleitoral, que prevê o número mínimo de 30% dos candidatos do mesmo sexo. Ou seja, os partidos precisam ter entre os concorrentes ao pleito municipal, 30% de mulheres ou homens. Apesar da obrigação prevista, não existe sanção apontada para aqueles que não cumprirem a meta.