Cidades

Moradora de rua que achou bebê abandonado reencontra irmã

07/09/2016 08:01


Sonia Maria de Souza, a mulher que achou um bebê abandonado no Jardim Varan, se reencontrou, ontem pela manhã, com a sua irmã Rosana. Depois de trocar abraços e palavras de carinho, ela decidiu retornar a São José dos Campos com a família. Após saber do caso do bebê pela televisão, Rosana Maria de Souza Bento decidiu vir a Suzano para ver a irmã que trabalha com reciclagem. Depois de uma tentativa fracassada no domingo, ela obteve sucesso ontem e se reencontrou com a irmã que mora em uma construção, localizado na Rua Um, no próprio Jardim Varan. Rosana chegou ao local com o marido Antônio Santos Bento, que exerce a profissão de pedreiro. Quando Sonia avistou a irmã, ela não pensou duas vezes e pulou o muro. Elas se abraçaram e choraram juntas. Palavras de carinho, como "eu te amo", puderam ser ouvidas. Logo no início, Rosana afirmou que levaria de volta a irmã para São José dos Campos. Sonia aceitou de imediato. Ela dividirá a casa com Rosana, Antônio e os dois filhos. Rosana comentou o reencontro. "É muita emoção. Deus é muito grande. Ela achou uma Vitória (bebê encontrado) e nós conseguimos uma vitória. A catadora de reciclagem é usuária de drogas. Quanto a esse fato, Rosana pretende dar um auxílio à irmã. "Vamos arrumar uma coisinha que possa ajudar" Ao final, Sonia contou mais uma vez a sensação de ter encontrado o bebê que a fez mudar de vida "A emoção foi muito grande na hora que eu vi essa criança. Fui escolhida por Deus. Ouvi ele dizendo para mim: vai e recicla aquele anjo. Esse anjo me salvou".