Cidades

Em um ano, furtos de cabos telefônicos aumentam 105,95%

08/09/2016 08:00


Os furtos de cabos telefônicos tiveram crescimento de 105,95% neste ano em comparação com 2015. Somente no primeiro semestre, Suzano registrou o furto de 38,1 quilômetros de fios. No mesmo período do ano passado foi computado o furto 18,5 quilômetros. No Alto Tietê, a Vivo/Telefônica registrou aumento de 20,16% deste crime. Para se ter uma ideia, no primeiro semestre de 2015, foram furtados 122,5 quilômetros contra 147,2 km neste ano. De acordo com a concessionária, de janeiro a junho deste ano, foram furtados 1.084,2 quilômetros de cabos telefônicos em todo Estado. No mesmo período de 2015, foi registrado o furto de 838,2 quilômetros. No Alto Tietê, em 2016, Suzano é a cidade que registrou o maior número de ocorrências, com o furto de 38,1 quilômetros, o que representa 3,5% dos registros no Estado. Em seguida está Mogi das Cruzes com o furto de 30,5 quilômetros e Itaquaquecetuba com o registro de 25,1 quilômetros de fios furtados. Em 2015, no mesmo período, Mogi foi a cidade que teve mais casos computados. Na época foram furtados 38,8 quilômetros de fios do município, enquanto Suzano registrou o furto de 18,5 quilômetros e Itaquá, 13,3 quilômetros. Entre as cidades que registram os menores índices, em ambos os anos, estão Biritiba Mirim, Santa Isabel e Arujá. Neste ano, cada uma teve furtado 1,8 quilômetros, 5,2 quilômetros e 8,4 quilômetros, respectivamente. A empresa pontua que assim que o furto é detectado, equipes técnicas realizam os reparos no menor prazo possível. Em todos os casos a empresa registra Boletim de Ocorrência (B.O.). A empresa atua em cooperação com os órgãos públicos como as polícias Militar e Civil, além das prefeituras e adota medidas de prevenção, como a instalação de alarmes, colocação de travas nos chassis de caixas subterrâneas e alternativas de rede que alterem a rota e dificultem o acesso. "A empresa faz hoje a substituição dos cabos metálicos pelo bimetálico, que não tem valor comercial", completa. FURTOS Normalmente, os furtos acontecem de madrugada e envolvem artifícios como uso de carros com adesivos falsos, escadas e até sinalização do local. A Vivo pede à população que ao identificar situação suspeita ligue para o canal de denúncias, 0800-144-444. A ligação é sigilosa, gratuita e funciona 24 horas por dia. Também sofrem com o furto de fios, os clientes da EDP Bandeirante. De acordo com a distribuidora de energia, ela atua constantemente no combate ao furto de cabos, ação que está ligada ao conceito de segurança e qualidade do serviço prestado. O furto de cabos é crime previsto no artigo 155 do Código Penal Brasileiro. A pena de reclusão para quem for pego furtando varia entre um a quatro anos de prisão e multa. Em casos de irregularidade, a população pode fazer denúncias por meio da agência virtual, no www.edp.com.br ou central de atendimento, no 0800-721-0123.