Polícia

Comerciante é preso por contrabando de cigarros

16/09/2016 08:00


Um comerciante de 23 anos foi preso quarta- feira à noite, em Suzano, por contrabando e porte irregular de arma. Cerca de oito mil maços de cigarros contrabandeados foram apreendidos pela Polícia Militar (PM), assim como o revólver, que estava com a numeração raspada. Ele foi preso em flagrante. Tudo começou na Rua Planalto, no Jardim Revista, quando três suspeitos em um carro chamaram a atenção de policiais que estavam em patrulhamento pelo bairro. Identificados, com um deles, o comerciante preso, foi encontrado pouco mais de R$ 2 mil. O suspeito contou aos policiais que o dinheiro é proveniente das vendas de cigarros contrabandeados. Os mesmos são vendidos no terminal de ônibus do Parque Maria Helena. À pedido da PM, o suspeito mostrou conversas de um aplicativo de celular, que revelou a existência de um revólver em posse dele. O suspeito levou os policiais até um depósito situado na Rua Erina Bassi Valverde, no mesmo bairro onde vende os cigarros, próximo à estação de trem de Suzano. Lá, encontraram caixas de cigarros que somam quase oito mil maços. Além disso, o revólver de calibre 32 com numeração raspada estava no mesmo local e foi apreendido. Nele, estavam duas balas intactas. DEPÓSITO Quando os policiais chegaram no endereço indicado pelo suspeito, deram de cara com um quarto, que fica em um estacionamento. O local é alugado. As outras duas pessoas que estavam no carro com o suspeito foram testemunhas do crime. Em relato, contaram que estavam apenas de carona com o suspeito, sendo que um deles, também vende cigarros, e recebe R$ 50 por dia. O comerciante foi preso em flagrante e responderá pelos crimes de contrabando e posse irregular de arma, por ao menos quatro anos.