Polícia

PM impede assalto na Vila Amorim e bandidos atiram

17/04/2015 08:00


Um policial militar de folga impediu um assalto a dois estudantes, de 18 e 19 anos, na noite de quarta-feira, na Avenida Brasília, Vila Amorim, em Suzano. Por pouco, o policial não foi atingido por disparos feitos pelos assaltantes. Durante a ação, um ajudante geral, de 27 anos, foi preso. Inicialmente, policiais militares (PMs) foram chamados para dar apoio a outro policial, de folga, que havia detido um assaltante entre a Avenida Brasília e a Rua Professor Jeremias, na Vila Amorim. O PM informou que estava indo para casa quando presenciou o assalto. Ele parou o carro mais à frente e deu ordem de parada aos suspeitos, que reagiram e atiraram em sua direção, mas não o atingiram. Durante os tiros, dois suspeitos conseguiram fugir sentido Rua Carl William Cooper, e abandonaram os produtos que roubaram. Ainda na fuga, um bandido foi abordado após cair no cruzamento e atingir o rosto no chão. À polícia, as vítimas relataram que caminhavam quando o trio anunciou o assalto e, de repente, o policial surgiu os ajudando.

DELEGACIA CENTRAL Na delegacia de Polícia (DP)Central, o ajudante confessou que, na companhia dos comparsas, iria roubar pedestres na Vila Amorim para arrecadar uma determinada quantia em dinheiro e, com isso, usufruir em uma casa noturna na região Central de Suzano. Além disso, o suspeito revelou à polícia que os comparsas são moradores do Jardim Nazareth, e frequentemente realizam roubos e furtos no Centro. Até o fechamento desta matéria, a polícia não havia localizado os demais assaltantes.