Destaque

Grávida é assassinada no Jardim Casa Branca

28/04/2015 08:01


Uma mulher, de 30 anos, morreu após ser esfaqueada, durante a manhã de domingo, na Rua Francisco Aro Ruiz, no Jardim Casa Branca, em Suzano. Segundo a polícia, Elisangela de Moraes Pereira estava grávida de quatro meses. A Delegacia de Homicídios de Mogi das Cruzes investiga o caso. Inicialmente, a Polícia Militar (PM) foi chamada após um familiar de Elisangela a encontrar caída no chão da cozinha. A vítima tinha perfurações na região do pescoço e rosto, causadas por uma faca. Quando a polícia chegou, a irmã da vítima relatou que ela morava sozinha e, portanto, não mantinha nenhuma relação amorosa oficial, mas, existia um caso extra-conjugal que a irmã levava. A área onde Elisangela morava é um conglomerado de casas de aluguel. No entanto, nenhum vizinho percebeu alguma movimentação incomum que indicasse o autor do crime. Mas, uma vizinha relatou à polícia que ouviu barulhos oriundos do cômodo da casa em que a vítima residia. PRESENÇA Além disso, a mulher contou que, frequentemente, via a presença de um homem, ainda não identificado, no imóvel. A polícia fez buscas no local onde Elisangela foi morta, porém, não encontrou faca com indícios de sangue.