Cidades

Fiscalização de abuso sonoro vai investigar 60 denúncias em Suzano

03/05/2015 08:00


Pelo menos 60 casos de abuso sonoro serão fiscalizados pela Guarda Civil Municipal (GCM) em conjunto com a Secretaria de Trânsito e Mobilidade Urbana. A iniciativa terá início em até duas semanas. A medida será realizada após as equipes de a Defesa Civil passar por treinamento e o novo aparelho de medição de barulho ser aferido. As informações foram confirmadas pelo presidente do Conselho Municipal de Segurança e Defesa Social (Comsedes), Álvaro Dias da Cunha, após reunião do grupo. O presidente revela que as fiscalizações sofreram demora em decorrência da preparação em nível de instrumentação para colocar a medida em ação. "Nós adquirimos mais um equipamento decibelímetro - que mede o volume do som - e altos de infração - para formalização da fiscalização. Em seguida realizamos o treinamento da equipe. Esse é um equipamento delicado que demanda formação", revela. Segundo Cunha, os altos de infração chegaram ontem na Secretaria de Trânsito. "Agora marcaremos uma reunião para colocar esta ação em prática. A iniciativa terá início em uma semana, vamos convidar fiscais da Secretaria de Postura, para iniciar a ação em conjunto, pois em alguns locais pode haver outras irregularidades", destaca. Entre os 60 casos, estão estabelecimentos comerciais, bares e residências. As ações serão realizadas em horários específicos e estudados para coibir novas incidências.