Esporte

Usac empata com o lanterna e vê liderança da Segundona ameaçada

Times empataram por 2 a 2 no Suzanão

31/05/2019 23:00


União Suzano Atlético Clube (Usac) e Jabaquara ficaram no empate, por 2 a 2, na noite desta sexta-feira (31), em partida válida pela 10ª rodada do Campeonato Paulista da Segunda Divisão (considerada a quarta divisão do futebol de São Paulo).
 
Esse é o terceiro tropeço do Usac, no campeonato, jogando dentro do Estádio Municipal Francisco Marques Figueira, o Suzanão. O empate contra o lanterna do Grupo 6 da competição coloca em risco a liderança do Javali das Palmeiras na competição. 
 
Com 17 pontos, o Usac precisa torcer por um tropeço do Flamengo-SP, que jogará o clássico municipal contra o Guarulhos no domingo (2), para não perder a ponta do grupo. O Jabaquara, por sua vez, chega aos 2 pontos conquistados em 8 partidas disputadas na competição, com o empate fora de casa.
 
O jogo
 
A partida começou movimentada, e o Jabaquara abriu o placar logo aos 8 minutos da primeira etapa, com Yuri. O Usac foi superior ao time de Santos a partir daí, só que pecava nos passes errados e em finalizações sem direção. O time de Suzano sofreu com o nervosismo durante boa parte da primeira etapa.
 
Aos 31 minutos, após rápida tabela pelo meio, o camisa 10 do time, Emerson Silva, com um lindo chute de fora da área, no ângulo do goleiro, empatou o confronto.
 
Três minutos depois, após jogada do bom jogador Yuri pela esquerda, o ponteiro do Jabaquara cruzou na área, e Israel interceptou a bola com a mão. O árbitro Marcio Mattos dos Santos não hesitou e apontou a marca do cal. Na cobrança, Joilson - bola de um lado, goleiro do outro, como manda o figurino - recolocou o time de Santos na frente do placar.
 
O jogo seguiu da mesma forma: Usac em cima, mas errando passes curtos e desperdiçando jogadas promissoras, e o Jabaquara armado para dar os contra-ataques.
 
Na segunda etapa, o Jabaquara voltou melhor e teve duas chances claras para matar o jogo, mas pecou nas finalizações. O Usac reequilibrou o jogo depois disso, conseguiu criar chances e fazer o goleiro Dida trabalhar um pouco.
 
A pressão aumentou e, aos 33 minutos, o centroavante Santiago teve a melhor chance da partida, acertando a trave do gol do time praiano.
 
Dois minutos depois, após cruzamento de Rincon, Mateus Vitor, que entrou na segunda etapa, acertou uma linda cabeçada, no ângulo do goleiro do Jabaquara, que nada pôde fazer, ficando assim 2 a 2 o placar.
 
Com o empate, a partida ficou aberta. Os dois times ainda conseguiram armar grandes chances, mas o resultado ficou assim. Ao final, os jogadores do Usac foram aplaudidos pelos 100 torcedores que compareceram ao estádio e reconheceram a luta dos jogadores.
 
Palavra do professor
 
Ao final da partida, o técnico Luiz Cavalheiro disse que a ansiedade por ter que vencer em casa e o fato de ter treinado apenas uma vez no estádio durante a semana podem ter atrapalhado o time. "Treinamos aqui uma vez só, e isso faz diferença. Tentamos de todas as formas hoje, acertamos a bola na trave, goleiro fez grandes defesas, mas a bola não entrou, mas isso não é desculpa. Temos que fazer valer nossa superioridade dentro de casa", comentou.
 
Ele elogiou o time do Jabaquara, por ser um time que toma poucos gols (o time de Santos tomou 12 gols em 8 jogos na competição), mas disse que o Usac foi melhor nessa partida em comparação com a realizada em Santos, no qual o time suzanense conseguiu a vitória no início do campeonato. "Foi muito mais demérito nosso, com todo o respeito ao adversário. Lá embaixo nós tivemos mais dificuldades do que aqui. Empatamos para nós mesmos. Falta um pouquinho mais de calma para guardar a bola lá dentro", concluiu.
 
Sequência
 
O Usac agora seca o Flamengo-SP na rodada. A próxima partida do tricolor suzanense acontecerá no dia 8 de junho, às 15 horas, contra o Mauá, no Estádio Municipal Pedro Benedetti, no ABC.

Daniel Marques - de Suzano