Transporte p├║blico

Passageiros reclamam de longos intervalos nos trens

29/07/2019 13:04


Passageiros que utilizam os trens da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) reclamam dos longos intervalos entre os trens nos finais de semana e feriados.
 
O DS ouviu pessoas que utilizam diariamente os trens e a maioria disse que espera de 30 minutos à 1 hora nas estações. Como o caso do enfermeiro Rafael Gaudino, que utiliza todos os dias o trem para ir ao serviço. Gaudino mora em Ferraz de Vasconcelos e trabalha em Mogi. Ele afirma que durante a semana não vê problemas, mas nos finais de semana espera entre 1 a 1 hora e meia o trem.
 
"Eu utilizo todos os dias o trem para ir ao serviço. Faço o trajeto de Ferraz à Mogi. Durante a semana não tem problemas, tudo anda normal, mas nos finais de semana é difícil. Sábado até que não chega a ser muito demorado, mas no domingo sim. Já cheguei a esperar 1h pelo trem. Nesses dias tem que sair mais cedo", afirmou o enfermeiro, bem indignado.
 
O mesmo disse a professora Mariela Martins. Ela afirma que usa menos o trem hoje em dia, mas que há um ano, quando ainda estudava, lembra com tristeza do tempo que esperava.
 
"Hoje eu não utilizo mais tanto como antes, mas ainda demora o mesmo tempo que na época que estudava. Chego há esperar 30 minutos ou mais, mesmo sendo no sábado (dia em que os intervalos não são longos)", comentou Mariela.
 
A telemarketing Michele Leal, que trabalha em Mogi das Cruzes, afirma que os atrasos e demora nos trens é recorrente todo fim de semana, principalmente aos domingos. 
 
"Nos finais de semana sempre demora, mas aos domingos o tempo que espero pelo trem é maior, fico pelo menos 35 a 40 minutos na estação esperando", comentou Michele.
 
Mas nem todos simpatizam do mesmo pensamento. Para o aposentado José Raimundo, a demora não é longa, e afirmou que até sua filha, que usa sempre, elogia o serviço.
 
"Não uso sempre, mas quando preciso ir em médicos em São Paulo, eu uso o trem", disse o aposentado.
A CPTM informou por meio de nota, que as demoras são decorrentes das obras de manutenção realizadas ao longo da ferrovia. Além de manutenção, a empresa busca modernizar o sistema ferroviário, informou em nota.
 
"A CPTM informa que devido ao grande fluxo de pessoas durante a semana, e a necessidade de modernizar as linhas férreas, o único dia disponível é o final de semanas e os feriados. Infelizmente, não há como fazer a manutenção e modernização, e ainda manter o atendimento normal".
 
Informações
 
A empresa lembra que toda sexta-feira e véspera de feriado, publica em seu site oficial, as linhas de trem que passarão por manutenção e consequentemente, ficará lenta.
 
"Aos usuários frequentes do trem, pedimos para acessarem o site da CPTM e ver as informações sobre manutenção. Se preferirem pode entrar em contato pelas redes sociais".

Fernando Barreto - de Suzano