Cidades

Univesp inicia aulas de Pedagogia, Letras e Matemática em Suzano

Apresentação contou com a participação de 40 alunos dos três cursos, que terão duração de três anos para licenciatura e quatro para bacharelado

13/08/2019 15:08


As atividades do novo ciclo do polo de Suzano da Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp) começaram na noite desta segunda-feira (12). A aula inaugural, promovida pelo professor orientador Roberto Bento e pela mediadora Leila Souza Cavalcante, contou com a participação dos 40 alunos de Pedagogia, Letras e Matemática que passaram pelo processo seletivo realizado em julho. 

Os cursos têm duração de quatro anos para bacharelado e três para licenciatura e ocorrerão no regime semipresencial. Os estudantes contarão com as dependências do Serviço de Ação Social e Projetos Especiais (Saspe), da Prefeitura de Suzano, e o Ambiente Virtual de Aprendizado (AVA) da Univesp. 

A introdução teve apresentação de um vídeo a respeito da infraestrutura e de uma palestra explicativa sobre o regime de aulas e avaliações, que deverão ter utilização plena da ferramenta virtual. Ao final, os alunos visitaram as salas de informática do Saspe que estarão disponíveis de segunda a sexta-feira para a realização de trabalhos e para sanar dúvidas. 

O orientador do polo da Univesp destacou a importância do engajamento dos estudantes à ferramenta AVA, que tanto apresenta o conteúdo programático dos cursos quanto registra a presença e a participação. “Neste primeiro ciclo, voltado para a adaptação dos alunos, contaremos com três matérias. Caso haja reprovação nelas, o aluno será desligado automaticamente do curso”, alertou. 

Além da turma “3N”, que contempla os estudantes de Pedagogia, Letras e Matemática com avaliações programadas para as noites de terça-feira, a Univesp também conta com salas de Tecnologia em Gestão Pública, Engenharia da Computação e Engenharia de Produção. Mais informações estão disponíveis pelo telefone (11) 4744-6121.

A mediadora Leila Souza Cavalcante ressaltou a flexibilidade da Univesp, que permite a interação tanto por computadores quanto por smartphones. “O curso superior é intenso, mas também é flexível para se adaptar às condições e necessidades dos alunos, que podem interagir durante o trajeto ou nos intervalos entre atividades do dia a dia”, disse.

Para a dirigente do Saspe e primeira-dama de Suzano, Larissa Ashiuchi, a Univesp abre novas possibilidades para a comunidade suzanense. “O ingresso no ensino superior de qualidade é o que faz a diferença não apenas no mercado de trabalho, mas na formação do indivíduo para a sociedade. Contar com a parceria da Univesp significa muito para o município e para a região como um todo”, celebrou. 

A Univesp é uma instituição pública vinculada à Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação e credenciada pelo Conselho Estadual de Educação e pelo Ministério da Educação. Tem como principal meta a formação superior a partir de cursos gratuitos na modalidade de ensino à distância.


de Suzano