Esporte

Em final inédita com Medina no Havaí, Ítalo Ferreira conquista título mundial

Surfista brasileiro, de Baía Formosa, é o novo campeão

19/12/2019 23:00


Em uma final inédita na última etapa do ano, realizada na noite desta quinta-feira (19) no Havaí, decidida entre dois brasileiros, Ítalo Ferreira se deu melhor diante do bicampeão Gabriel Medina e consagrou-se campeão mundial pela primeira vez. O potiguar venceu por 15.56 a 12.94 o surfista de Maresias. 
 
Cinco surfistas iniciaram a última etapa do ano com chances de título mundial. O líder do ranking Ítalo Ferreira, além dos brasileiros Gabriel Medina e Filipe Toledo, o sul-africano Jordy Smith e o americano Kolohe Andino.
 
Mas a disputa entre Ítalo e Medina ficou ainda mais acirrada quando Jordy Smith e Filipe Toledo caíram nos rounds eliminatórios.
 
O americano Kolohe Andino viu o sonho ir embora quando Ítalo se classificou para as quartas de final e, assim, não teria como alcançar o brasileiro.
 
Com participação garantida nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, desde a eliminação de Filipe Toledo da etapa do Havaí - são apenas duas vagas para cada país nas Olimpíadas, tanto Medina quanto Ítalo mostraram um surfe intenso e em alto nível, principalmente com tubos e manobras aéreas.
 
Nas quartas de final, Ítalo venceu o brasileiro Yago Dora por 15.66 a 13.50. 
 
Defendendo tanto o título mundial quanto o título da etapa do Havaí, Medina, por sua vez, triunfou por 17.63 a 12.33 o também bicampeão mundial, o havaiano John John Florence.
 
Já na semifinal, Ítalo Ferreira acabou com o 11 vezes campeão mundial, o medalhão Kelly Slater por 14.77 a 2.57.
 
Por outro lado, Medina venceu o americano Griffin Colapinto por 13.00 a 7.10.
 
A decisão do título mundial foi para a final do Pipe Masters.
 
Os surfistas deram um show nas ondas havaianas. Mas Ítalo pegou as melhores e saiu com o título mundial pela primeira vez.

Lucas Lima - de Suzano