Polícia

Ferraz: corpo de mulher morta após ser arrastada pela enxurrada é identificado

Corpo de Bombeiros disse que não há notícias oficiais sobre o desaparecimento de um homem

09/01/2020 07:21


Atualizado às 10h15

A Polícia Civil divulgou ter identificado o corpo da mulher morta após ser arrastada enxurrada provocada pela forte chuva, na quarta-feira, 8, em Ferraz de Vasconcelos. Trata-se de Roseli Guedes de Lima, de 38 anos. O Corpo de Bombeiros disse que não há notícias oficiais sobre o desaparecimento de um homem. 

O corpo de Roseli foi encontrado preso sobre uma estrutura metálica de uma empresa, localizada na Rua Caetano Rubio, no bairro Tanquinho. Testemunhas encontraram-na após a água abaixar. A suspeita é que a vítima tenha sido arrastada, durante o temporal, e caiu em um córrego próximo à empresa. 
 
Bombeiros disseram à reportagem que buscas não são realizadas na cidade, uma vez que não há registros oficiais do desaparecimento de um homem durante a chuva. De acordo com nota da Prefeitura, em 40 minutos, a cidade registrou 95 milímetros de chuva. 
 
As prefeituras do Alto Tietê estão fazendo levantamentos para calcular os prejuízos sofridos decorrente ao forte temporal. 

Marcus Pontes - de Ferraz