Polícia

Bandido foge por quase 1h30, invade condomínio e morre após confronto com a PM

Na ação, foi apreendido um revólver e recuperado um carro roubado

10/01/2020 11:53


Um bandido morreu dentro de um apartamento após confronto com policiais militares (PMs) nesta sexta-feira, 10, na Vila São Paulo, em Ferraz de Vasconcelos. De acordo com o tenente Thiago Pires, o indivíduo morto invadiu o condomínio ao fugir de um cerco policial. Um levantamento realizado pela Polícia Militar apontou que o ladrão participou de vários assaltos tanto na cidade quanto em Poá e Suzano. 

A perseguição começou nas primeiras horas desta sexta-feira. Um veículo foi roubado, por volta das 6h30, no bairro Calmon Viana, em Poá. Policiais receberam informações da possível rota de fuga e começaram a realizar buscas ao veículo. 

O carro foi encontrado minutos depois. Os ladrões fugiram da polícia e abandonaram o carro na Rua Carlos Seno. A fuga seguiu até a Rua dos Autonomistas. Foi então que os dois bandidos, que estavam armados, invadiram residências do bairro e seguiram até uma área de mata, para escapar da polícia.

Com o apoio de outras viaturas e o helicóptero Águia da PM, policiais iniciaram varredura na região de mata. As buscas duraram cerca de 1h30. "Populares indicaram que um indivíduo invadiu o condomínio e se escondeu em um apartamento. Fomos em cada unidade, até que conseguimos encontrá-lo", disse o oficial da PM

Segundo a polícia, a hipótese é a de que o ladrão tivesse o objetivo de fazer moradores reféns. No entanto, o apartamento estava vazio. Houve uma negociação para ele se entregar, no entanto, de acordo com a PM, o indivíduo reagiu à prisão e foi alvejado. O bandido não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

"Realizamos um levantamento com vítimas de roubos a carga e veículos e, ao expor a foto desse indivíduo, todos foram categóricos ao dizer que ele era o responsável. Estava na iminência de conseguir um mandado de prisão", destacou o tenente Pires.

Peritos da Polícia Científica foram chamados ao local. O revólver localizado com o indivíduo morto foi apreendido. 

"Agora, o objetivo é o de identificarmos quem era o segundo indivíduo, que conseguiu escapar", finalizou o tenente da PM, que estava responsável pela ocorrência.


Marcus Pontes - de Ferraz