Cidades

Suzano tem aumento na arrecadação e gastos ficam abaixo do previsto

Resultado primário final em 2019 foi positivo em R$ 57,4 milhões

28/02/2020 22:40


A Prefeitura de Suzano realizou ontem a prestação de contas do terceiro quadrimestre de 2019, quanto a receitas e despesas fiscais, durante audiência pública na Câmara. O resultado primário foi positivo em mais de R$ 57 milhões, ou seja, a arrecadação foi maior e os gastos ficaram abaixo da previsão do Orçamento. 
 
O secretário de Planejamento e Finanças, Itamar Correa Viana, acompanhado do diretor de Receita, Ademilson Souza Freire, e de outros integrantes de sua equipe, apresentou ao longo de 45 minutos os números da execução orçamentária entre setembro e dezembro de 2019. O encontro também serviu para tirar dúvidas dos vereadores. 
 
Dentre elas estava o total da receita primária, que chegou a R$ 785,5 milhões, em que as receitas correntes e de capital são descontadas as operações de crédito e aplicações financeiras. Todos esses resultados, segundo a pasta, incluem valores renegociados por meio do Programa de Recuperação e Estímulo ao Pagamento de Débitos Fiscais (Refis). 
 
A audiência pública também tratou das despesas do município, como folha de pagamento, investimentos e amortização da dívida pública, num total de R$ 728 milhões. Com isso, o resultado primário das contas de Suzano chegou a R$ 57.479.374,58 ao final de 2019. 
 
Viana reiterou que Suzano tem um forte controle de suas despesas. “Tanto o resultado primário de R$ 57 milhões, quanto a proporção de endividamento do município para seu Orçamento, que hoje se encontra na casa dos 15%, mostram que as contas estão sob controle e isso nos permite investir em obras e políticas públicas de interesse de toda a comunidade”, concluiu.

de Suzano