Cidades

Hospital diz que rotina não será alterada e pacientes podem comparecer a exames

Santa Maria informou que não há motivos para alarde em relação aos pacientes e seus colaboradores

29/02/2020 17:58


O Hospital Santa Maria informou que “não há motivos para alarde” e pediu para que os pacientes compareçam aos seus exames marcados. A unidade mantém rotina, após uma paciente vinda da Europa passar pelo hospital com suspeita de coronavírus.
 
A diretoria do hospital informou que as amostras da paciente de 24 anos foram encaminhadas ao Instituto Adolfo Lutz.
 
A mulher, que relatou ter feito uma viagem à França, deu entrada às 21h04 de quarta-feira com problemas pulmonares, não ficou internada e voltou para casa no mesmo dia. Ela passa bem e vem sendo monitorada constantemente por equipes multidisciplinares do hospital e da Secretaria Municipal de Suzano. 
 
O comando do Hospital Santa Maria fez questão de ressaltar que não há motivos para alarde em relação aos pacientes e seus colaboradores porque rígidos protocolos foram adotados há dois meses. Existe ainda uma Comissão de Controle de Infecções Hospitalares treinada e apta a lidar com todas as circunstâncias relacionadas a doenças virais.
 
Entre outras medidas, houve a alocação de oito leitos de isolamento respiratório que não permitem a saída do ambiente para as demais dependências do hospital.
 
Além disso, os colaboradores de todas as áreas estão sendo treinados há dois meses para que executem suas funções de acordo com as recomendações do Ministério da Saúde. Os diretores do hospital, que possui laboratório próprio avançado e habilitado também para detectar a doença através do DNA do vírus, ressaltaram que a rotina não será alterada e os pacientes - inclusive aqueles com exames agendados - podem comparecer aos procedimentos. 
 
Eles receberam uma cartilha detalhando o assunto e estabelecendo normas imediatas de conduta. Salas de isolamento foram providenciadas, assim como a disponibilidade de máscaras cirúrgicas, conforme informações da médica Rebecca Wagner Saad Quintela Pirotto, responsável pelo setor de Infectologia do Hospital Santa Maria. Suzano tem três casos suspeitos, segundo a Vigilância Sanitária, e nenhum deles havia antes procurado o hospital. Ela também ressalta que não há motivo para pânico. 

de Suzano