Cidades

Comerciantes pedem segurança em áreas atingidas por assaltos

11/06/2015 08:01


Em apenas um dia, dois estabelecimentos comerciais de Suzano foram alvos de assalto. Ambos ocorreram na terça-feira, um na parte da manhã e outro pela noite. Por conta das ocorrências comerciantes do bairro Jardim Imperador, local em que ocorreu o primeiro assalto, pedem mais segurança e fiscalização no local, afirmando que os roubos são frequentes. A segunda ocorrência foi uma tentativa de assalto que aconteceu em um mercadinho localizado na Vila Fátima (veja matéria no caderno de Polícia). "A segurança é bem precária. É muito comum ocorrer roubos por aqui. Presto serviço em uma cozinha industrial do bairro, onde a maioria dos funcionários são mulheres e pelo menos 20 delas já foram assaltadas na saída do trabalho", disse o mecânico de manutenção Luis Faneco, que trabalha em uma oficina no Jardim Imperador. Outro funcionário da oficina ressaltou que já foi assaltado no local e que a situação piora quando chega a noite, principalmente depois das 18 horas. "Eu já fui roubado em frente à estação de trem no horário em que tem mais pessoas na rua, entre as 18 e 19 horas. Mesmo o bairro sendo próximo ao Batalhão policial, não vemos muito patrulhamento", disse Bruno de Souza. O DS falou também com o dono do bar que sofreu o assalto na manhã da última terça-feira. O comerciante José Peixoto da Silva, o Zé do Monte, mesmo já atuando no local há cerca de 10 anos e sendo esta a primeira vez que foi assaltado, ressalta que o medo é constante. "Temos que ter cautela quando vamos entrar ou sair. Olhar sempre ao redor para ver se está seguro. Dizem que aqui é uma região privilegiada, mas não acho. Falta segurança, falta tudo", disse. Durante o roubo, dois indivíduos agrediram o comerciante com socos no rosto e com uma faca que o feriu, superficialmente, na cabeça. A ação dos bandidos ocorreu quando ele abria o estabelecimento, por volta das 7 horas. "Eles já chegaram batendo. Um tinha uma faca e o outro uma arma, que para minha sorte era de brinquedo", disse. POLÍCIA MILITAR O comandante interino do 32º Batalhão da Polícia Militar Metropolitano (BPM/M) de Suzano, major José Carlos Brandão, informou que devido as ações ocorridas, a corporação intensificará o policiamento com as Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas (Rocam) e a Força Tática, tanto no bairro Jardim Imperador quanto na Vila Fátima. A Polícia Militar ressaltou ainda a importância de registrar o crime através do Boletim de Ocorrência (B.O). Destacou também a utilização do Disque-Denúncia por meio do telefone 181. O denunciante não precisa se identeificar. "Com base nas notificações, nos Boletins de Ocorrências e nas informações da mídia, a polícia pode mapear as áreas mais sujeitas a esses crimes e assim intensificar nossas ações", disse o major. ACE O presidente da Associação Comercial e Empresarial (ACE) de Suzano, Neder Romanos ressaltou que a instituição sempre está em contato com a PM, que nunca deixou de atender as solicitações. Disse ainda que visitará, nos próximos dias, os estabelecimentos que sofreram a ação criminosa. "Estamos abertos a sugestões. Vamos trabalhar em conjunto para que essas ações diminuam, principalmente durante os dias mais críticos, que são aqueles próximos as datas de pagamento", disse.