Cidades

Auxílio de R$ 600 inclui 347 informais; aplicativo fica instável no 1º dia

Iniciativa do governo federal começa a pagar R$ 600 para trabalhadores informais

07/04/2020 21:30


Pelo menos 347 pessoas de Suzano serão beneficiadas com o "coronavoucher" de R$ 600, que será pago pelo governo federal aos trabalhadores informais por conta da pandemia do Covid-19.
 
A cidade conta com 267 profissionais certificados com a Carteira Municipal de Artesão, além de, pelo menos, 80 vendedores ambulantes cadastrados em diversas categorias. 
 
O benefício será pago automaticamente para as pessoas que estão dentro de bancos de dados oficiais do governo, como Cadastro Único, por exemplo. Já aos que estão fora, terão que preencher um formulário eletrônico para terem acesso ao benefício.
 
As Secretarias Municipais de Desenvolvimento Econômico e Geração de Renda e de Assistência e Desenvolvimento Social vão orientar a população, caso seja necessário. 
 
Outras ações
 
No Centro Unificado de Serviços (Centrus) de Suzano, a pasta de Desenvolvimento Econômico e Geração de Emprego está estimulando o público a utilizar os serviços eletrônicos e o atendimento virtual. 
 
Também tem mantido canal aberto com todos os setores produtivos da cidade seus representantes, como a Associação Comercial e Empresarial, a Câmara dos Dirigentes Lojistas e o Sindicato do Comércio Varejista, por exemplo.
 
É feito um trabalho com a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, que disponibilizou cerca de R$ 225 milhões com juros baixos pelo Desenvolve SP para socorrer as empresas, além de R$ 25 milhões pelo Banco do Povo Paulista. Medidas do governo federal, como prorrogação e parcelamento de dívidas, estão sendo divulgadas.
 
Juntamente com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e o Sindicato do Comércio Varejista, a pasta vem orientando empresas e empreendedores sobre ações que podem ser adotadas em diversos setores da empresa, como administrativo, produção e vendas.
 
A pasta municipal também vem orientando o empresariado de como adotar medidas para desacelerar sua produção sem demitir os empregados, sempre respeitando a legislação vigente.
 
O cadastro para receber o benefício começou ontem. Porém, muitas pessoas relataram problemas com o sistema. O DS consultou os aplicativos Caixa – Auxílio Emergencial e Meu CadÚnico. O primeiro serve para fazer solicitações e o segundo para consulta ao Cadastro Único. Ambos apresentaram falhas e exibiram mensagens de erros.
 
O site meucadunico.cidadania.gov.br, do Ministério da Cidadania, apresentou instabilidade e sequer abriu durante todo o dia. Os telefones 08007072003 e 121, opções para pessoas que não têm acesso à internet, também não completaram ligações.

Daniel Marques - de Suzano