Polícia

Setor de Homicídios prende dois por matar ajudante devido dívida

Investigação busca descobrir se presos agiam como agiotas

20/05/2020 10:39


O Setor de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP) prendeu nesta terça-feira, 19, dois homens por suspeita de assassinar o ajudante Tiago Alves Pereira, 35 anos. O crime foi dia 24 de fevereiro deste ano, no Jardim Triangulo, em Ferraz de Vasconcelos. De acordo com o delegado Rubens José Ângelo, responsável pela especializada, o assassinato teria sido motivado por uma dívida entre a vítima e os presos. A Justiça ferrazense decretou a prisão temporária da dupla por 30 dias. 

A investigação para localizar os responsáveis pelo assassinato durou cerca de quatro meses. Neste período, investigadores analisaram outros motivos para o crime. Depois de confirmarem uma dívida existente da vítima, os policiais começaram a traçar e aproximar-se dos autores.

Segundo o delegado, no dia do crime, os suspeitos se encontraram com a vítima, para cobra-lá novamente do débito pendente. "Ao final da cobrança dessa dívida, um dos indivíduos presos atirou contra a pessoa de nome Tiago. O crime foi em via pública. Desde então, os algozes estavam foragidos", pontuou Ângelo, que acrescentou dizendo que as residências dos indivíduos foram alvo de busca e apreensão. 
 

Agora, a polícia busca definir qual seria essa dívida da vítima, bem como se os autores agiam como agiotas - prática ilegal, mas realizada há anos no país. 


Marcus Pontes - de Ferraz