Cidades

Câmara de Suzano é o 1º órgão público da região que divulga vídeos em Libras sobre Covid-19

A partir desta segunda-feira (1), a Câmara de Suzano inicia a divulgação dos vídeos em suas redes socais

01/06/2020 16:09


Em parceria com o site “Unidos pela Saúde”, a Câmara de Suzano é o primeiro órgão público da região que divulga em suas redes sociais vídeos na Língua Brasileira de Sinais (Libras) com orientações sobre o combate ao coronavírus (COVID-19). O “Unidos pela Saúde” é um projeto desenvolvido por alunos mestrandos e doutorandos do Programa de Pós-graduação em Tecnologia em Saúde (PPGTS) da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR). Sob a orientação do Professor Doutor Percy Nohama, os estudantes de diversas áreas compõem, em SINERGIA, suas expertises e desenvolvem um site https://www.unidospelasaude.com.br e as redes sociais com a finalidade de viabilizar a população informações, dicas, orientações e sugestões sobre Saúde, corporal e mental, à população em geral de maneira acessível e adaptada às pessoas com deficiência, utilizando-se da Tecnologia. 

Os profissionais (participantes do PPGTS e convidados) produzem conteúdos em vídeos e textos na sua área de atuação referentes às
medidas de prevenção ao coronavírus, apresentando orientações de saúde mental e física para lidar com o isolamento e a inatividade.  Esse material é enviado para revisão e, se for aprovado, é traduzido para Libras e editado pelo próprio Tradutor Intérprete de Libras, Alexsander Pimentel doutorando do PPGTS - PUCPR. 

Por entender a importância da divulgação sobre as medidas necessárias para o combate à pandemia, o presidente da Câmara de Suzano, Joaquim Rosa (PL), autorizou a parceria proposta pela Diretoria de Comunicação da Casa de Leis com o grupo do Paraná. “Infelizmente, não temos visto muito material de apoio aos deficientes. No entanto, temos que lembrar que todos estão expostos ao perigo da COVID -19”, argumentou o vereador.

A partir desta segunda-feira (1), a Câmara de Suzano inicia a divulgação dos vídeos em suas redes socais. Todo o material é de autoria do grupo “Unidos pela Saúde” que aceitou a parceria com o Legislativo por prever mais pessoas tendo acesso às orientações. “Ter a Câmara de Suzano compartilhando e divulgando pode contribuir para a divulgação do site, levando informações acessíveis a um maior número de pessoas. Ficamos felizes e gratos por podermos usar a tecnologia (site, aplicativos) como ferramenta visoespacial, como a estrutura gramatical da Libras, viabilizando o acesso à informação, comunicação e ao conhecimento para os surdos de abordagem  humanizada, interpessoal (a presença do profissional tradutor intérprete de Libras é primordial), pois assim, asseguramos a inclusão, interação e interconexão das pessoas surdas com os ouvintes, respeitando o direito de todos como cidadãos brasileiros.

A necessidade de informações na língua do surdo, Libras, é primordial e essencial, principalmente no que se refere à saúde e cuidados para evitar o contágio”, argumentou Luana Arrial Bastos, mestranda do PPGTS responsável pelos contatos e apoio nas gravações em Libras. “Esperamos, com este trabalho, contribuir com a disseminação de informações relevantes à população brasileira e, em particular, às pessoas surdas e com deficiência auditiva”, relatou o “Unidos pela Saúde”.

Ações

A Câmara de Suzano é reconhecida nacionalmente por suas ações de acessibilidade digital. O portal www.camarasuzano.sp.gov.br foi o
primeiro órgão público do Brasil a conquistar a renovação do Selo de Acessibilidade Digital. A certificação foi concedida pela Comissão
Permanente de Acessibilidade (CPA) da Secretaria da Pessoa com Deficiência da Prefeitura de São Paulo.

Além disso, as redes sociais do Legislativo suzanense também foram as primeiras do Alto Tietê a contar com descrição de imagens para
deficientes. A Casa de Leis de Suzano utiliza a #PraCegoVer, que é um projeto de disseminação da cultura da acessibilidade nas redes sociais e que tem por princípio a audiodescrição de imagens para apreciação das pessoas com deficiência visual. A hastag foi idealizada pela professora baiana Patrícia Braille.

Importantes marcas internacionais também usam a #PraCegoVer em suas postagens, como por exemplo, a Avon www.facebook.com/avonbr), Coca-Cola (www.facebook.com/cocacolabr) e postos Petrobras (www.facebook.com/postospetrobras), além do Ministério Público Federal (www.facebook.com/MPFederal).


de Suzano