Região

Crescimento do setor mobile é nova tendência mundial

Uma das primeiras coisas que uma pessoa faz ao acordar é pegar o celular, e isso significa muito

01/07/2020 18:20


O crescimento do setor mobile é uma das maiores tendências mundiais dos últimos anos. Em todos os cantos do mundo, a população está cada vez mais conectada e de entretenimento no celular até transações bancárias, os smartphones se tornaram companheiros inseparáveis dos seus usuários. Afinal, uma das primeiras coisas que uma pessoa faz ao acordar é pegar o celular – isso diz muito.

Número de usuários de smartphones crescido de forma exponencial

De acordo com dados divulgados por uma parceria entre as empresas We Are Social e Hoopsuite, o Brasil já é o segundo país do globo que fica mais tempo conectado à internet.

Enquanto a média mundial do planeta foi estimada pelos pesquisadores em 6 horas e 40 minutos, cerca de 100 dias do ano inteiramente dedicados a navegação online, a média dos brasileiros ficou em incríveis 9 horas e 29 minutos, o que significa que a população daqui passa 145 dias, mais de um terço do ano, conectada.

A maior parte desse tempo conectado ocorre através dos celulares e smartphones. Segundo dados do renomado Mobile Globe Report (MGR), os dispositivos móveis são a forma preferida da população global se conectar à internet.

Fato é que nos últimos anos cerca de dois terços da população mundial, número que representa mais de 5 bilhões de pessoas, utiliza a internet através dos smartphones por pelo menos 30 a 40 horas por semana.

No Brasil, como esperado, os números são ainda maiores. A Comscore informou que os brasileiros passam três quartos do tempo online em seus smartphones, enquanto a TIC Domicílios revelou que para cerca de metade da população (49%) o acesso é realizado de forma exclusiva por esses dispositivos.

Setor de entretenimento cresceu de maneira explosiva

Os brasileiros são simplesmente apaixonados por entretenimento online. Segundo dados revelados pelo Google, os brasileiros representam o segundo maior mercado consumidor de vídeos online do mundo.

Apenas nos últimos dois anos, o YouTube conquistou mais de 35 milhões de novos usuários e a plataforma atualmente conta com mais de 98 milhões de membros conectados. A Netflix é outra plataforma muito utilizada e conta com mais de 12 milhões de usuários no país e pode ter chegado a atingir até mesmo 15 milhões com as ondas de crescimento nos últimos seis meses. Para fins de comparação, basta mencionar que a TV paga como um todo conta com 17 milhões de usuários.

Outro mercado que tem experimentado um forte crescimento mobile são os diversos tipos de jogos. Atualmente o setor é um dos mais diversificados e apresenta desde adaptações de clássicos modernos como “Call of Duty: Mobile” até novas versões dos famosos jogos de cassino que rodam em qualquer aparelho.

De acordo com dados da GlobesNewsWire, o setor global de entretenimento mobile chegou a quase US$ 59 bilhões em 2019 e deve ultrapassar os US$ 67 bilhões em 2020. Além disso, os dados reportados pela Digitalks indicam que cerca de 21% da população nacional consome todo tipo de jogos mobile.


Número de pedidos de aplicativos de delivery também impressionam

Além do setor de entretenimento, outro setor cujos serviços são oferecidos primariamente através de smartphones que tem crescido muito ao longo dos últimos anos é o de aplicativos de delivery de comida.

No momento o iFood é o principal utilizado e desde 2019 o app conta com mais de 1 milhão de pesquisas mensais. Em um distante segundo lugar está o Uber Eats, plataforma que conta com pouco menos de um quarto desse reconhecimento com 245 mil pesquisas. A plataforma Rappi chega para completar o podium dos três maiores aplicativos com pouco mais de 180 mil pesquisas mensais.

Além das três gigantes é possível encontrar diversos outros concorrentes de peso com os mais diversificados tipos de delivery e todo tipo de compras na internet, com destaque para o Pão de Açúcar e o Extra com seus aplicativos de agendamento de entregas de supermercado e as gigantes Amazon, Magazine Luiza e Mercado Livre em relação a compras online.

Setor bancário também experimenta crescimento

Para completar o mercado mobile no Brasil é imprescindível falar do crescimento de aplicativos bancários para smartphones. De acordo com dados da Federação Brasileira de Bancos (Febrabran), ao longo da última década o chamado “mobile banking” se tornou a opção preferida dos clientes para a realização de transações bancárias.

Isso possibilitou o crescimento de diversos novos bancos e um dos que mais chama atenção é o Banco Inter que, de acordo com dados do Jornal Diário do Comércio, conquistou um crescimento de mais de 155% em relação a abertura de novas contas apenas no primeiro trimestre de 2020.

Futuro deve contar com ainda mais uso dos dispositivos mobile

Os números atuais do crescimento da adoção dos smartphones e outros dispositivos mobile impressionam, mas a tendência mundial para os próximos anos chama ainda mais atenção.

Segundo um estudo recente da GSM Association (GSMA), principal entidade global que representa os interesses de operadoras de redes móveis, o número de usuários de smartphones deve crescer para 80% da população mundial até 2025, o que deve gerar ainda mais usuários para todos os serviços mobile em funcionamento e fazer com que surjam ainda mais deles.


da Região