Cidades

HC abre nesta quinta-feira com nove dias de atraso e 70 leitos a menos da promessa inicial

Serão abertos a partir desta quinta-feira, dia 9 de julho, leitos de enfermaria exclusivos para pacientes com a doença

09/07/2020 05:00


Com nove dias de atraso, o Hospital das Clínicas de Suzano (HC) finalmente será aberto hoje. Ele contará com 20 leitos de enfermaria destinados ao tratamento de pacientes com o novo coronavírus (Covid-19). A promessa inicial era de 90 leitos.
 
Segundo a Secretaria de Saúde do Estado, os leitos estão no prédio novo do hospital e serão abertos de forma gradativa. Os pacientes beneficiados serão encaminhados Central de Regulação e Oferta de Serviços de Saúde (Cross). 
 
Com isso, a primeira parte da novela HC se encerra nesta quinta-feira após enorme pressão feita pelo DS, principalmente com a criação do selo de cumprimento da promessa.
 
Com ele na capa das edições que antecederam 30 de junho (data inicial prometida para abertura do hospital), população e políticos da região se mantiveram informados, atentos e cobrando fortemente o Estado. Nas redes sociais, o DS foi mencionado por conta do selo criado.
 
A cidade ganhou ajuda da deputada estadual Janaina Paschoal (PSL), a mais votada da história do País, na luta pela abertura do HC. Em pelo menos duas oportunidades, ela fez cobranças e expôs a demanda em reuniões da Assembleia Legislativa do Estado (Alesp).
 
A Saga
 
Apesar de ser aberto nesta quinta, o HC terá 70 leitos a menos do que o prometido pelo governo do Estado. Além disso, a unidade começa sem leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), vitais para o tratamento do novo coronavírus em situações graves.
 
A promessa de 90 leitos foi feita em março e a previsão era de que o hospital fosse aberto em junho. Durante algumas semanas, o DS insistiu para descobrir o número de leitos que seriam entregues. Deputados e políticos da região falaram em 40, 36, 30 e 26 leitos, mas nunca nenhum número foi confirmado pela Secretaria.
 
A inauguração estava prevista para 30 de junho, mas depois foi adiada para 6 de julho. A justificativa do secretário executivo da Secretaria de Estado da Saúde, Eduardo Ribeiro, foi de que a unidade estava "terminando de ser equipada para atender os pacientes". O mesmo posicionamento foi passado ao deputado Estevam Galvão (DEM) e à Prefeitura de Suzano.
 
No dia 6, a história mudou de novo. A assessoria do HC informou que a equipe estava sendo formada ainda e que, por isso, a abertura seria "nesta semana". O dia chegou.
 
Alterações
 
Segundo a Secretaria de Saúde do Estado, pessoas com outras doenças que estavam na unidade foram realocadas para o prédio antigo do hospital, que foi reformado. Ele dispõe de 95 leitos. Segundo a pasta, isso aconteceu para a "reforçar a segurança dos pacientes e profissionais de saúde".
 
Com relação ao novo prédio, apesar de ser aberto com apenas 20 leitos, ele tem capacidade para 120. O investimento foi de R$ 31 milhões do Governo de SP e, além dos leitos, conta com hospital-dia, duas salas cirúrgicas, salas de coleta de exames e centro de diagnóstico por imagem.
 
Segundo o Estado, a ocupação completa está sendo planejada entre a Secretaria e o Hospital das Clínicas.

de Suzano