Cidades

Escritor Sacolinha lança livro de ficção sobre a pandemia

Livro lançado hoje (10) fala sobre os desafios da periferia no combate ao novo coronavírus

09/07/2020 22:00


Mesmo com as adversidades trazidas com a pandemia e o isolamento social, a inspiração e a criatividade de Ademiro Alves de Sousa não foram abaladas. Também conhecido como Sacolinha, o escritor suzanense lança hoje (10) o nono livro da carreira. Famoso por estampar os muros da cidade com frases inspiradoras e poemas, além de outros livros, Sousa decide tratar sobre a pandemia na periferia em seu novo trabalho.
 
O livro, intitulado “entre amar e morrer, eu escolho sofrer – um conto da pandemia” faz parte da coleção de “Ensaios Sobre a Pandemia” da Editora Todavia. Essa coleção reúne 14 autores que se dedicaram a escrever livros sobre a atual situação no Brasil.
 
De acordo com Sacolinha, seu livro é o único de ficção entre os demais que serão lançados. Na história, dois jovens da periferia passam pelas situações impostas pela pandemia, com as desigualdades e dificuldades sofridas por aqueles que são menos assistidos, bem como a solidariedade praticada em tempos como esse.
 
Para o escritor, a realidade enfrentada nesses lugares é muito diferente das regiões centrais das grandes cidades. Sousa diz que, a pandemia é mais um problema dentre outros que já fazem parte do cotidiano daqueles que vivem nas periferias espalhadas pelo país. 
 
“É um problema dentro de outro problema. As pessoas têm que se preocupar com um vírus como se não bastasse os problemas que a periferia já enfrenta, como o esgoto a céu aberto que também traz doenças”, relata.
 
A falta de água e o distanciamento social também são questões abordadas no livro. O autor diz que é praticamente impossível que as pessoas que moram nas periferias lavem as mãos frequentemente, uma vez que o racionamento de água é constante. Além disso, o distanciamento não é praticável.
 
“Evitar aglomeração é muito difícil. Muitas pessoas moram em casas pequenas, com cinco ou seis pessoas no mesmo local. Não tem como impor essa realidade”, explica.
 
Apesar de ser lançado hoje no formato digital, a editora realizará uma live de lançamento no seu canal do youtube na próxima quinta-feira (16) às 18h30. Dois mediadores guiarão a conversa com o autor e tratarão de temas relacionados ao livro. Vale ressaltar que a versão física do livro estará disponível em 20 de julho no site da editora e demais livrarias digitais. Entre hoje e o próximo dia 15, o exemplar estará disponível por um valor promocional de R$9,90.

Carolina Rocha - de Suzano