Cidades

Motoristas cobram acostamentos na SP-66 e Estrada dos Fernandes

DER informa que em pequenos trechos, a estrada possui faixas adicionais no lugar dos acostamentos

23/11/2020 20:06


Motoristas que utilizam a Rodovia Henrique-Eroles (SP-66) reclamam da falta de acostamentos no trecho entre as cidades de Poá, Suzano e Mogi das Cruzes. O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) informou que em alguns trechos, a estrada possui faixas adicionais no lugar de acostamentos. “Em pequenos segmentos, a rodovia apresenta faixas adicionais no lugar dos acostamentos, para gerar melhor fluidez ao tráfego e melhorar a segurança viária, evitando a necessidade de ultrapassagens”, disse o DER em nota.
 
O aposentado Pedro Gramado foi um dos motoristas que pediu por melhorias na via. “Não tem espaço. É complicado. Caso eu precise parar o carro a gente fica na pista e é perigoso”. O caminhoneiro Lucas Costa utiliza a rodovia constantemente e também vê necessidade de algumas mudanças. “Precisa recapear tudo isso aí. Precisa de acostamentos também, se algum motorista para a gente fica no meio da pista mesmo”, opinou. 
 
Ainda segundo o DER, no trecho entre as cidades de Itaquaquecetuba, Poá, Suzano e parte de Mogi das Cruzes, “a rodovia foi adaptada para duas faixas de rolamento em cada sentido segregadas por um canteiro central. A medida garante maior capacidade para vazão do alto volume de tráfego e maior segurança aos motoristas pela organização dos locais para conversões e acessos”.
 
Estrada dos Fernandes
 
Quem utiliza a Estrada dos Fernandes também reclama da falta de acostamentos no local, como é o caso do serralheiro, Antônio de Carvalho, de 65 anos. “Sempre dirijo por aqui. Preciso melhorar, faz tempo que ficaram de recuperar ela, mas não recuperam. Acostamento tá virando problema aqui, quando alguém para o carro e trava tudo. É muito estreita, fora o risco de ficar no meio da estrada”, falou Antônio. José Rodrigues, dono de um bar na beira da estrada já presenciou acidentes na via e também diz que são necessárias algumas melhorias na estrada.
 
“Muita coisa, só tem buraco. Se eu preciso parar o carro eu fico na rua. Tem muito acidente e já presenciei alguns deles. Moro em São Miguel e trabalho aqui em Suzano há 5 anos. Sempre utilizo essa estrada”, diz José.
 
A Prefeitura de Suzano explicou por meio de nota que “está em contato com o governo do Estado para ações de grande alcance na Estrada dos Fernandes, que é uma estrada vicinal - sendo uma via de responsabilidade estadual. Portanto, deve-se consultar o Governo do Estado sobre intervenções e projetos destinados para a Estrada dos Fernandes”. A pasta informou que desde 2017 realiza ações de tapa-buraco, zeladoria e recuperação de trechos e que o serviço é feito de maneira contínua.

Thiago Caetano - de Suzano