Lance Livre

Lance Livre 03-12-2020

03/12/2020 05:00


Após a transição
Os prefeitos eleitos Eduardo Boigues (PP), em Itaquaquecetuba; Marcia Bin (PSDB), em Poá; e Priscila Gambale (PSD), em Ferraz de Vasconcelos, ainda não definiram todo o futuro secretariado. 
 
Estudos
Os nomes estão em estudo e a previsão é de que as definições comecem a ser feitas após a transição de governo – processo que já começou a ser tratado pelos três.
 
Planejamento
Em Itaquá, Boigues iniciou planejamento do mandato, que se inicia em 1° de janeiro de 2021. O prefeito eleito afirmou que escolherá pessoas que realmente entendam das suas respectivas áreas. 
 
Pessoas  
comprometidas
“Essas pessoas precisam ser comprometidas com o projeto que desenvolvemos durante a campanha eleitoral ouvindo a população nas ruas, e não ter nada que desabone suas condutas”, disse Boigues.
 
Priscila Gambale
A assessoria da prefeita eleita de Ferraz de Vasconcelos, Priscila Gambale, disse que o novo governo municipal está em fase de transição e que ainda não definiu a lista de nomeados para as secretarias.
 
15 dias
A previsão é de que, em 15 dias, haja “novidades” sobre o assunto.
 
Marcia Bin
O mesmo acontece com a prefeita eleita em Poá, Marcia Bin. Segundo sua assessoria, a tendência é de que “logo após o término da transição” mais nomes comecem a ser divulgados. Duas futuras secretárias já foram anunciadas.
 
Almoço
Em Mogi das Cruzes, o prefeito eleito Caio Cunha (Podemos), almoçou ontem com o atual prefeito Marcus Melo (PSDB), o que mostra uma transição amigável e bastante tranquila.
 
Dados
O prefeito eleito de Mogi deve começar a receber os dados da administração para iniciar seu plano de governo para 2021.

Edgar Leite