Cidades

Estado solicita elaboração de projetos para área do Trecho Leste

19/06/2015 08:01


Com a inauguração oficial do Trecho Leste do Rodoanel Mário Covas (SP-21), nos próximos dias, as prefeituras do Alto Tietê, que são cortadas pela via, deverão apresentar propostas para a ocupação adequada das áreas que estão sob a estrutura. A afirmação foi feita ontem pelo secretário estadual de Habitação, Rodrigo Garcia, durante reunião ordinária do Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat). A medida apontada pelo presidente do grupo e prefeito de Mogi das Cruzes, Marco Bertaiolli (PSD), teve resposta imediata. Segundo Garcia, a Rodovia traz avanços e desenvolvimento significativo para a região. Porém, ao mesmo tempo apresenta novos desafios. "O Trecho Leste está pronto e será inaugurado oficialmente nos próximos dias. Naturalmente precisamos, com a nova rodovia, de um plano de ocupação para as cidades que estão no entorno do viário". O governador Geraldo Alckmin (PSDB) havia anunciado a inauguração da via no próximo dia 26. O secretário citou uma área estadual, a Fazenda Albor, localizada em Guarulhos e que passa também por Itaquaquecetuba e Arujá para ilustrar a situação. "Neste local daremos, provavelmente, um destino habitacional ou social para ocupar a área". Para que algo semelhante aconteça em Suzano, Poá e Itaquá, Garcia frisa que as prefeituras precisam apresentar projetos de ocupação urbana. Além disso, também há a necessidade de inserir as propostas nos respectivos planos diretos de cada município. De acordo com o prefeito suzanense Paulo Tokuzumi (PSDB), a área sob o Rodoanel precisa de uma destinação adequada que traga também benefícios ao entorno como, por exemplo, lazer às comunidades vizinhas. "Há uma contrapartida do Rodoanel que prevê a transformação desta área em um Parque do Rio Tietê. O empreendimento cortaria Suzano e iria até Salesópolis. Precisamos de medidas que impeçam a ocupação inadequada destas regiões". PROJETOS A criação de projetos de ocupação das áreas localizadas sob o Rodoanel já foi autorizada pela Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp). Conforme publicado pelo DS em fevereiro, as prefeituras de Suzano, Poá e Itaquá podem criar propostas para a ocupação adequada das regiões. Entre as iniciativas cogitadas para o entorno está a implantação de ciclovia, quadras esportivas e academia ao ar livre.