Lance Livre

Lance Livre 10-01-2021

10/01/2021 05:00


Carta de intenção individual
A exemplo de Suzano, outras cidades da região consideram a possibilidade de enviar uma carta de intenção individual ao Instituto Butantan, manifestando interesse em adquirir doses da Coronavac.
 
Condemat
O Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat) já encaminhou o protocolo. É o chamado “plano B”, para que as cidades não fiquem dependentes apenas das vacinas que serão enviadas pelo Estado.
 
Suzano
Suzano foi o 1º a encaminhar a carta para o Instituto Butantan. O plano é tentar a aquisição de 40 mil a 50 mil doses da vacina.
 
Estudo em Mogi
Em Mogi, o prefeito Caio Cunha também estuda enviar uma carta separada. Ele considera importante a ideia de “trabalhar coletivamente” (se referindo à carta de intenção enviada pelo Condemat), mas afirmou que há a possibilidade de a cidade encaminhar pedido individual.

Força conjunta
“(A cidade) Estuda, mas vale lembrar que temos essa força conjunta com o Condemat, que facilita até na negociação de preço. Há interesse de usarmos a ferramenta Condemat, mas também já estamos vendo essa possibilidade de fazer a carta individual”, disse Caio Cunha, após eleição do Condemat na semana passada.
 
Ferraz
A Prefeitura de Ferraz informou, em nota, que também analisa a possibilidade. A cidade, no entanto, não deu mais detalhes sobre o processo.
 
Itaquá
Em Itaquá, o prefeito Eduardo Boigues (PP) assinou a carta de intenção do Condemat junto com os demais prefeitos. O município, no entanto, ainda não decidiu se haverá necessidade de enviar um protocolo separado.
 
Poá
Já a Prefeitura de Poá informou que a Secretaria de Saúde municipal vai aguardar decisões do Estado, antes tomar medidas sobre a carta de intenção de aquisição de vacinas.


Edgar Leite