Cidades

Ações trabalhistas crescem 10% com 5.657 processos em 2021 no Alto Tietê

Número é maior que o mesmo período em 2020, quando foram registradas 5.139 ações

13/06/2021 13:00


A pandemia da Covid-19 levou muitos trabalhadores a recorrem à Justiça para terem seus direitos assegurados. Segundo levantamento realizado pelo TST (Tribunal Superior do Trabalho), cerca de 24 mil brasileiros acionaram a Justiça do Trabalho em ações reivindicando direitos como verbas rescisórias e FGTS.
 
O Alto Tietê registrou 5.657 ações trabalhistas em 2021, incluindo casos relacionados à pandemia.
O número é maior que o mesmo período em 2020, quando foram registradas 5139 ações, um aumento de 10,7%. 
As informações são do Tribunal Regional do Trabalho (TRT-2). Os dados são do período entre janeiro e maio. 
Mogi das Cruzes lidera o ranking com 2.317, uma leve queda de 0,3% em comparação a 2020, quando foram registradas 2326 ações trabalhistas.
 
Em seguida aparece Itaquaquecetuba com 1145, número bem maior que no ano passado (891).
O crescimento foi de 28,5%. Suzano aparece em terceiro, com 1068, 28 a mais que em 2020 (1040), um aumento de 2,69%. 
Fechando o ranking aparece as cidades de Arujá com 606, Ferraz de Vasconcelos com 521 e Poá com 515. No ano passado, foram registradas 545 ações em Arujá (11,1%), 337 em Ferraz de Vasconcelos (um aumento de 54,5%) e 480 em Poá (7,2% de aumento).

Thiago Caetano - da região