Editorial

Estradas vicinais

16/06/2021 05:00


A melhoria das estradas vicinais é um pedido antigo da população dos mais diferentes bairros de Suzano e região.
As estradas vicinais são vias não pavimentadas, geralmente municipais, que são usadas como principais conexões entre as áreas rurais e os centros urbanos. Apesar de corresponder a uma extensa malha das estradas de rodagem, as estradas de terra são esquecidas e não recebem a devida atenção, desenvolvendo problemas técnicos que dificultam a trafegabilidade.
Na edição de ontem, o DS trouxe reportagem mostrando que seis estradas vicinais do Alto Tietê constam na lista do Governo do Estado para receberem obras de melhoria e recuperação asfáltica. 
O pacote, de R$ 37, 17 milhões, faz parte da terceira fase do programa Novas Estradas Vicinais, lançado pelo governador João Doria (PSDB) e pelo vice-governador Rodrigo Garcia (PSDB) durante evento no Palácio dos Bandeirantes na última segunda-feira. 
As estradas foram incluídas no cronograma de investimentos do Governo do Estado atendendo a solicitação de prefeitos e dos deputados estadual André do Prado (PL) e federal Marcio Alvino (PL).
As vicinais que serão modernizadas são: estrada dos Índios – 6 quilômetros de extensão – que liga Arujá a Itaquaquecetuba; estrada do Rio Acima – 4,3 quilômetros – interliga Biritiba Mirim a Mogi das Cruzes; estrada Hércules Campagnoli – 4,8 quilômetros – ligação de Guararema até a divisa com Santa Branca; estrada do Campo Limpo – 3,8 quilômetros – em Itaquaquecetuba; a Estrada do Pinheirinho – 11 quilômetros – entre Itaquaquecetuba e Suzano e, por fim, a estrada Maria Caetano Abreu - ligação entre Ferraz de Vasconcelos e Poá.
A soma desses investimentos totaliza R$ 37.178.501,46.
Para o deputado André do Prado, a publicação do edital dessas obras consolidará mais uma conquista do Alto Tietê. 
Sem dúvida é um grande investimento para tentar resolver os problemas de falta de asfalto nessas vias. 
Elas são importantes para ligação de áreas rurais com urbanas garantindo escoamento de produtos.
Na região, o maior investimento será feito na Estrada do Pinheirinho, entre Itaquaquecetuba e Suzano, em 11 quilômetros de extensão, com aporte de R$ 13,3 milhões. A via corta diversos bairros e se tornou um dos principais corredores do município.
Nessa nova fase serão beneficiadas 140 vias com 1.531 quilômetros de melhorias e investimento de R$ 1,08 bilhão em recursos do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento). 
O programa coordenado pelo DER (Departamento de Estradas de Rodagem) já soma investimentos de R$ 2,29 bilhões e vai gerar 25 mil empregos, entre vagas diretas e indiretas. Somando as duas fases, são 279 vicinais beneficiadas e 3.094 quilômetros de melhorias.