Cidades

Ocupação de leitos de UTI é de 25% e de enfermaria atinge 10,5%

Entre os 77 leitos disponibilizados para Covid-19, 11 deles estão ocupados. Dados são da Secretaria de Saúde

23/06/2021 22:15


A taxa de ocupação nos leitos - UTI e enfermaria - destinados a pacientes diagnosticados com a Covid-19 em Suzano registrou o percentual de 14,28% na terça-feira (22). Dos 77 leitos disponibilizados para o atendimento de acometidos pelo vírus, 11 deles estão ocupados, sendo cinco na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e seis nos leitos de enfermaria. 
 
No percentual individual, a ocupação na UTI é de 25%, já que cinco dos 20 leitos estão sendo utilizados neste momento. No caso dos leitos de enfermaria, o percentual de ocupação é de 10,52%, sendo seis dos 57 leitos totais em uso. As informações são da Secretaria Municipal de Saúde.
 
Nos números por unidades, o Pronto-Socorro (PS Municipal), atualmente possui cinco leitos de enfermaria ocupados. Já no hospital Saint Nicholas, onde a Prefeitura mantém leitos contratados para reforçar o sistema de saúde, os índices também apresentam melhora. 
 
No local, cinco leitos de UTI e apenas um de enfermaria estão ocupados. Ao todo, a unidade conta com 29 leitos, sendo nove de UTI e dez de enfermaria. 
 
Estado
 
A Secretaria de Estado da Saúde informou que mantém o monitoramento do cenário da Covid-19 em todas as regiões. Na terça-feira, a taxa de ocupação na Grande São Paulo era de 74% de UTI e 57% em enfermaria. A atualização pode ser conferida em: https://www.seade.gov.br/coronavirus/#.
 
Os hospitais estaduais do Alto Tietê mantêm leitos reservados e exclusivos para Covid. No Hospital Regional de Ferraz são 26 leitos de UTI com 84% de ocupação, e 26 de enfermaria com 65%. O Santa Marcelina de Itaquaquecetuba opera hoje com 20 leitos de UTI ocupados integralmente, e 20 de enfermaria com 95% de ocupação. No Hospital Luzia de Pinho Melo, são 46 leitos de enfermaria, com 74% de ocupação, e 33 de UTI, com 80%. No Hospital Dr. Arnaldo Pezzuti, estão em funcionamento 30 leitos de enfermaria, com ocupação de 50%, e 30 leitos d?e UTI, com 77% de ocupação.
 
Os serviços do SUS seguem dedicados a garantir assistência adequada e oportuna a todos. É importante destacar que taxas de ocupação variam no decorrer do dia em virtude de fatores como altas, óbitos ou transferências para leitos de enfermaria ou UTI, por exemplo.

Matheus Cruz - de Suzano