Cidades

Instituto Virtutis construirá creche comunitária no Varan

Unidade terá a capacidade de atender 250 crianças

24/06/2021 11:04


O Instituto Virtutis irá construir uma nova creche comunitária no Jardim Varan, em Suzano. A unidade terá a capacidade de atender 250 crianças e ficará na Avenida Paulo Sampaio. A previsão é que a construção seja iniciada em setembro. É a segunda creche comunitária da instituição. A primeira atende cerca de 180 crianças.
 
A construção é feita através de doações de cupons fiscais, conforme explica o pároco da Paróquia Santa Rita de Cássia e presidente fundador da entidade, Luis Hidalgo. “As pessoas podem doar seus cupons fiscais e com eles nós estamos investindo para a construção desta unidade”, disse.
Para realizar a doação, o interessado deve baixar o aplicativo Soul Cial na aba doações. Lá, será exibida várias instituições. Basta escolher o Instituto Virtutis e fazer a leitura do qr-code pelo celular. A creche contará com, aproximadamente, 6 salas e seria de muita importância para a região norte da cidade. “É uma região que está crescendo muito. Vamos poder colaborar com a população para que tenha onde colocar as crianças de 3 a 5 anos. Por isso, estamos pedindo esta ajuda para começar a construção da unidade em setembro”.
 
Durante a pandemia do novo coronavírus (Covid-19), a entidade realiza atividades on-line. O instituto existe desde 2015 e já atendeu cerca de 8.000 pessoas, segundo a co-fundadora Francisca Magalhães. No total, 700 alunos estão cadastrados na instituição. São raras as atividades realizadas presencialmente. Recentemente, a entidade realizou uma Festa Junina onde vieram em horários específicos. “Uma turma de 5 crianças vinha aqui, faziam brincadeiras, comparavam alguma coisa e iam embora. E assim sucessivamente”, explica Fidalgo.
 
Além disso, pelo menos três vezes por semana, a entidade vem realizando a entrega de marmitex para as famílias das crianças. Nesta ação, os alunos que não possuem internet podem retirar e entregar as atividades. O pároco destaca o aproveitamento dos alunos. “Eles veem aqui e retiram o material impresso e lema para a casa. Quando voltarem para pegar a marmitex, entregam as atividades. Neste sentido, temos um bom aproveitamento das crianças nesta unidade”, finalizou. 

Thiago Caetano - de Suzano