Cidades

Inauguração de anexo vai remanejar 980 dos 74 mil processos de Suzano

11/03/2015 08:01


O aguardado Anexo de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher de Suzano será inaugurado no Fórum Municipal hoje, às 9h30. O evento contará com a presença do presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), o desembargador José Renato Nalini, do prefeito Paulo Tokuzumi (PSDB), além de outras autoridades. O ato integra ainda a campanha "Justiça pela Paz em Casa", do Supremo Tribunal Federal (STF) em parceria com a Prefeitura. Suzano possui 74.536 ações em andamento. Os dados foram atualizados em janeiro. Deste total, 980 processos vão para o novo anexo. De acordo com o TJ-SP, o magistrado Fernando Augusto Andrade Conceição, que também responde pela 2ª Vara Criminal, ficará responsável pelo Anexo. "Cerca de 980 processos serão redistribuídos das varas criminais para o novo setor e as próximas demandas dessa natureza serão distribuídas, por sorteio, aos juízes criminais Alexandre Miura Iura e Conceição, que as julgarão e darão tratamento ágil e direcionado à equipe multidisciplinar que atua no setor", detalha o órgão. O Anexo será instalado na Rua Francisco Quadra Castro, 48, na Vila Costa, em um espaço cedido pela Prefeitura. O TJ-SP destaca que além de mais rapidez, o setor buscará mecanismos para coibir, prevenir, punir e erradicar a violência e a discriminação contra a mulher. Segundo Conceição, o apoio da Prefeitura que cedeu funcionários e equipamentos foi essencial para que Suzano conseguisse avançar na área de combate à violência doméstica. CULTIVO Para contribuir com a qualidade de vida nas áreas urbanas e estimular o reflorestamento, o TJ-SP lançou, em janeiro, o projeto Cultivar. Em todas as solenidades do Judiciário, o presidente da Corte planta uma árvore nativa no fórum local. Em Suzano, Nalini plantará uma quaresmeira antes do início da cerimônia de instalação do Anexo.