Polícia

Guarda Ambiental apreende balão e aves silvestres em Itaquá

Caso ocorreu na Estrada dos Batistas

30/07/2021 17:00


A Guarda Ambiental de Itaquaquecetuba recebeu na manhã desta sexta-feira (30), um chamado via 153 para atender uma ocorrência de soltura de balão, na Estrada dos Batistas, região de mata.

Após denúncia de moradores, a equipe encontrou no local dois balões prontos para soltura, além de duas Coleirinhas e um Papa-capim, previstos como animais silvestres. As aves foram ao Centro de Recuperação de Animais Silvestres do Parque Ecológico do Tietê (Cras-Pet), para serem examinadas pelos biólogos, enquanto o responsável pelos pássaros foi levado para a Delegacia de Polícia para prestar esclarecimentos.

É crime previsto no Art. 42 da Lei Federal de crimes ambientais, “Fabricar, vender, transportar ou soltar balões que possam provocar incêndios nas florestas e demais formas de vegetação, em áreas urbanas ou qualquer tipo de assentamento humano”. A pena pode variar em detenção de um a três anos ou multa.

”A soltura de balão em época de pouca umidade no ar pode trazer problemas sérios como a queimada em área de vegetação, além de  correr o risco de cair em áreas urbanas, provocando incêndios”, explica o secretário de Segurança Urbana, Anderson Caldeira.

Qualquer informação de fabricação, venda, transporte ou soltura de balões pode ser repassada anonimamente pelo telefone 153, ou pelo número da Ouvidoria (11) 4753-1108.


de Itaquá