Creas

Assistência Social reforça abordagem de pessoas em situação de rua em Suzano

Iniciativa tem como objetivo ampliar o alcance do serviço de acolhimento emergencial neste período de frio intenso

04/08/2021 15:28


A Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social de Suzano intensificou os trabalhos de abordagem à população em situação de rua. Membros do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) têm circulado pela cidade ao longo da semana com o objetivo de sensibilizar este público a utilizar o serviço de acolhimento emergencial, que oferece abrigo e alimentação gratuitos.

As ações foram ampliadas de forma a atingir o máximo de pessoas possível. Com isso, equipes multidisciplinares compostas por servidores da pasta acompanham pessoas já identificadas em situação de rua e realizam visitas a espaços públicos utilizados comumente como refúgio. Durante o contato, os agentes apresentam o serviço e as vantagens de se integrar ao acolhimento municipal, principalmente com a chegada de frentes frias intensas, que trazem consequências severas para esta população vulnerável.

Para todos os interessados, o serviço emergencial está sendo realizado na rua Dr. Felício de Camargo, 630, no centro da cidade, no imóvel onde antes operava o Restaurante Popular. A estrutura conta com 120 vagas e tem atendimento 24 horas por dia. Atualmente, 61 pessoas estão na unidade, que tem acolhimento rotativo, sem obrigatoriedade ou compromisso de permanecer no espaço.

Os acolhidos têm acesso a leitos, refeições, recursos de higiene adequados, roupas limpas, atividades coletivas e individualizadas e área dedicada ao cuidado dos animais, que também são aceitos no local. No ambiente ainda existe a possibilidade de acompanhamento multidisciplinar, inclusive com serviços de Saúde, para o início do processo de reinserção social.

Segundo o chefe da pasta, Geraldo Garippo, esta busca ativa feita pelos agentes é essencial para ampliar o alcance do acolhimento, possibilitando que este público tenha conhecimento e acesso ao abrigo gratuito. Ele ressaltou que há uma preocupação maior ainda com a população em situação de rua neste momento por causa do inverno rigoroso.

“Além da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), agora, as temperaturas baixíssimas também ameaçam a saúde e o bem-estar de quem vive nas ruas. Seguimos com as abordagens, inclusive, porque muitas pessoas sequer sabem da existência do acolhimento emergencial, então levamos informação e a possibilidade de abrigo para todos. Eles podem trazer seus cães e têm total liberdade para sair no momento em que desejarem. Nosso objetivo é fornecer todo o suporte necessário para eles, com possibilidade de ações sociais”, destacou o secretário.

O acolhimento emergencial está em funcionamento desde o início da pandemia, no ano passado, e já beneficiou mais de mil pessoas. O município também conta com 38 pessoas referenciadas no Centro Social Bom Samaritano, que presta serviços por meio de convênio com a prefeitura.

Para mais informações, dúvidas ou sugestões, o Creas pode ser contatado pelos telefones (11) 4747-1973 e 4743-2588, de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas.


de Suzano