Suzano

Ações da campanha Setembro Amarelo serão intensificadas nesta sexta-feira

Iniciativa beneficia trabalhadores da Saúde de todas as regiões e fortalecerá o acolhimento das pessoas em risco de suicídio

16/09/2021 16:02


A Secretaria de Saúde de Suzano, por meio da Rede de Atenção Psicossocial (Raps), promove nesta sexta-feira (17) em todas as 24 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e de Saúde da Família (USFs) orientação sobre a campanha nacional Setembro Amarelo. A medida é mais uma forma de fomentar a nova política municipal de prevenção ao suicídio. 

De acordo com a coordenadora da Raps, a psicóloga Dulce Ramos, ao longo de todo o mês, os postos acolhem e promovem ações de apoio à pessoa em intenso sofrimento. Nesta sexta-feira, os profissionais estarão à disposição para conversação e orientação.

“Além das equipes de Saúde, é preciso mobilizar uma verdadeira rede de apoio na comunidade, contando com a interação de líderes comunitários, líderes religiosos, associações, conselhos municipais, agentes de segurança, profissionais da Educação e da Assistência Social, entre outros. Por isso, estamos unidos para esse acolhimento”, explicou.

Em paralelo às ações de conversação, a pasta segue realizando um trabalho de educação continuada para todos os profissionais da rede municipal, com encontros e debates a respeito da prevenção ao suicídio. A formação conta com a participação de estudiosos e especialistas da área e tem o objetivo de apresentar aos trabalhadores ferramentas e abordagens adequadas para o acolhimento de pessoas em risco de suicídio, com a articulação do cuidado.

A iniciativa já ocorreu na UBS Doutor Isaac Oguime, no Parque Maria Helena, com funcionários da área central do município para o aprofundamento da temática e respectiva capacitação, e no distrito de Palmeiras, com encontro em sede religiosa próxima ao posto do Recanto Feliz. Já nesta sexta-feira, a formação será concluída na USF Eduardo Nakamura, que fica no Miguel Badra Baixo, contemplando as equipes de Saúde da região norte.

Segundo a coordenadora da Raps, as tratativas para fortalecer a rede de prevenção ao suicídio foram intensificadas em setembro e deverão continuar ao longo dos próximos meses, tanto em atividades de formação com profissionais municipais como com o público em geral. Ela ainda destacou que todas as UBSs da cidade estão com ações próprias de conscientização. Os trabalhos são descentralizados e focados na realidade de cada comunidade.

“Nosso objetivo é fortalecer a rede de Saúde local e a articulação do cuidado junto à sociedade. Com esta capacitação continuada, esperamos aprimorar e ampliar cada vez mais o acolhimento daqueles que estão em intenso sofrimento, para que seja possível alcançar o maior número possível de pessoas em Suzano”, explicou a coordenadora.

Além da capacitação dos profissionais, outro evento a respeito da temática está previsto para acontecer no dia 29 (quarta-feira). Na ocasião, terá início o trabalho intersetorial de articulação da Rede de Apoio à Pessoa em Risco. O encontro ocorrerá no Cineteatro Wilma Bentivegna (rua Paraná, 70 – Centro) e deve contar com a participação de agentes interlocutores, como líderes religiosos e comunitários, profissionais da Segurança, Educação e Assistência Social, conselhos municipais, associações, Centro de Valorização da Vida (CVV), Centro de Referência e Apoio à Vítima (Cravi) e outros grupos de interesse.

Segundo o secretário municipal de Saúde, Pedro Ishi, a iniciativa representa mais um importante avanço na prevenção e no cuidado com as pessoas em risco de suicídio. “Os encontros nos permitem reforçar o compromisso da rede municipal com a Saúde Mental dos cidadãos e preparar os profissionais das mais variadas funções a reconhecerem sinais de alerta, orientando os pacientes sobre o acolhimento e o apoio. Seguimos focados em garantir atenção e mais qualidade de vida a toda a população”, concluiu.


de Suzano