Editorial

Prestação de contas

19/06/2022 05:00


Secretarias municipais apresentaram prestação de contas em audiência na Câmara na semana passada.
A Secretaria de Transportes e Mobilidade Urbana, por exemplo, fez levantamento do primeiro balanço de suas ações em 2022, referentes às atividades executadas entre janeiro e abril deste ano. 
Além de dados orçamentários, a pasta também compartilhou informações sobre os serviços oferecidos à população.
Neste primeiro quadrimestre, o orçamento da secretaria chefiada por Claudinei Galo foi de R$ 5.851.091,01. O valor corresponde a cerca de 31% da receita prevista para o ano de 2022. Nos quatro primeiros meses, as despesas chegaram R$ 5.715.541,48, sendo que os principais investimentos foram conferidos a serviços de sinalização (26%), pátios (19%) e à Central de Segurança Integrada (8%), que conta com três agentes à disposição do monitoramento para o acompanhamento do trânsito e de eventuais acidentes, garantindo assim prevenção e mais agilidade no atendimento às ocorrências.
A estrutura da secretaria também foi apresentada, sendo que a pasta conta com 129 colaboradores e 25 veículos. Durante o período, o departamento operacional garantiu a pintura de 119 lombadas e 262 faixas de pedestres e a revitalização de 754 placas e 25 rampas de acessibilidade. Entre sinalizações horizontais e verticais, a pasta executou 501 ordens de serviço. 
A secretaria também instalou 582 novas placas toponímicas em oito bairros da cidade. Quanto aos abrigos de ponto de ônibus, as equipes promoveram a instalação de cinco novas estruturas e revitalizaram outras três. 
A Secretaria de Educação também apresentou balanço. Na oportunidade, dados referentes ao primeiro quadrimestre foram destaque na apresentação. 
Nos primeiros quatro meses do ano, a secretaria arrecadou o montante de R$ 140.939.410,97, com o recebimento de verbas do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), do Plano Nacional de Alimentação Escolar (PNAE - Ensino Infantil), do Programa Nacional de Apoio ao Transporte Escolar (PNATE) e outras fontes de receitas fixas. Para este ano, a reestimativa dos valores totais chega a R$ 374.724.090,80. 
Em relação à execução dos valores para 2022, a pasta aponta a estimativa de R$ 140.257.408,00 voltado ao Ensino Infantil, com o atendimento de 14.530 crianças de zero a cinco anos de idade. Os dados das secretariais são importantes para mostrar a transparência do trabalho de cada pasta.