Esportes

Contra a Ponte Preta, São Paulo joga para reconquistar a torcida no Morumbi

29/08/2015 08:00


As duas derrotas seguidas (Goiás e Ceará, este pela Copa do Brasil) transformaram os jogos no Estádio do Morumbi, na Capital paulista, em um pequeno trauma para o São Paulo. Por isso, a partida de hoje contra a Ponte Preta, às 21 horas, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro, é uma chance de o time se reencontrar dentro de casa Um dos pontos de efervescência do Morumbi é o comportamento da torcida. Contra o Goiás, houve tentativa de agressão aos jogadores na saída do estádio; contra o Ceará, só o policiamento reforçado impediu novos tumultos. Para hoje, nem o técnico colombiano Juan Carlos Osorio sabe o que pode acontecer. "Na América do Sul existe a tendência de cobrar quando o time perde, achando que é falta de comprometimento. Não nos falta raça, faltam outras coisas. Do torcedor, acredito que o certo é apoiar até acabar o jogo e depois cobrar. Mas não sei o que esperar", disse. O treinador acha que o time está aprendendo a lidar com os "adversários que se fecham e jogam por uma bola" e afirma que o principal problema da equipe são as finalizações. Mesmo com a possibilidade de ser negociado com o futebol inglês, Alexandre Pato foi relacionado e será a referência na área. O argentino Centurión ou o colombiano Wilder será o seu companheiro na frente. Carlinhos deverá ser mantido como ponta, pelo lado direito, e Thiago Mendes será o primeiro volante. Embora tenha sido considerado como desfalque por Osorio, Rogério Ceni foi relacionado e fará um teste antes do jogo.