Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sexta 27 de novembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 26/11/2020

Clima de impasse marca saída de manifestantes em frente ao Congresso

21 NOV 2015 - 22h31

 A poucas horas do término do prazo concedido para que manifestantes desfaçam os acampamentos em frente ao Congresso Nacional, na Esplanada dos Ministérios, o clima foi de impasse. De um lado, integrantes do movimento Avança Brasil desmontavam pouco a pouco as barracas, instaladas há pelo menos um mês como forma de pressão para que o Congresso votasse o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT). De outro, o grupo dos "intervencionistas" não dava mostras de que sairia no local. "Só saímos com ordem judicial. A única coisa que recebemos até agora foi uma recomendação, feita oralmente", disse um dos líderes do Movimento Patriota Nacional, Daniel Barbosa.

Por precaução, as visitas ao Congresso foram canceladas neste fim de semana. O trânsito na via que dá acesso às Casas Legislativas também foi bloqueado. Manifestantes receberam, na noite de quinta-feira, o aviso de que teriam de deixar o local em 48 horas. A decisão foi tomada num acordo entre o governo do Distrito Federal e as presidências da Câmara dos Deputados e do Senado, logo após um confronto entre integrantes da CUT, do Movimento de Mulheres Negras e partidários do movimento pró-impeachment.

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias