Envie seu vídeo(11) 97569-1373
segunda 28 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 27/09/2020

IBGE: produção industrial cai 9% em um ano, a maior queda desde 2003

03 OUT 2015 - 08h00

A queda de 9% na produção industrial em agosto ante agosto de 2014 é a maior para o mês desde o início da série da Pesquisa Industrial Mensal Produção Física (PIM-PF), iniciada em 2003 neste tipo de confronto. Além disso, considerando todos os meses, trata-se da 18ª taxa negativa consecutiva, informou ontem o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Já o recuo de 1,2% na produção em agosto ante julho foi o mais intenso para o mês desde 2011, quando houve retração de 2,1% na atividade na margem, segundo o IBGE.

No ano, a produção da indústria acumula queda de 6,9% até agosto. Já em 12 meses, o recuo é de 5,7%.

Média móvel trimestral

O índice de média móvel trimestral da produção industrial registrou queda de 1,2% no trimestre encerrado em agosto em relação aos três meses até julho, diz IBGE.

Revisão

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística revisou o desempenho da produção industrial em julho ante julho de 2014. A queda na atividade foi de 9,0% no período, mais do que o recuo de 8,9% apurado anteriormente.

Já a produção da indústria de bens de capital caiu 7,6% em agosto ante julho, enquanto na comparação com agosto de 2014 o indicador mostrou queda de 33,2%.

No acumulado do ano, houve queda de 22,4% na produção de bens de capital em relação a igual período de 2014. Já no acumulado em 12 meses até agosto, o recuo é de 18,4%.

Em relação aos bens de consumo, a pesquisa registrou queda de 0,9% na produção na passagem de julho para agosto. Já na comparação com agosto do ano passado, houve recuo de 9,1%. No acumulado do ano, a queda é de 8,8%, enquanto a taxa em 12 meses é de -6,5%.

Na categoria de bens de consumo duráveis, o mês de agosto exibiu redução de 4,0% na produção ante julho e queda de 14,6% em relação a igual mês de 2014. Entre os semiduráveis e os não duráveis, a produção caiu 0,3% em agosto ante julho e recuou 7,6% na comparação com agosto do ano passado.

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias