Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quarta 02 de dezembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 02/12/2020

Indicador de Antecedente de Emprego sobe 1,8%

07 ABR 2016 - 08h00

O Indicador Antecedente de Emprego (IAEmp) voltou a subir 1,8% em março, alcançando 73,8 pontos. A alta - segundo avaliação do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV) - representa uma retomada da tendência positiva, interrompida pela queda de 1,1% em fevereiro.

Embora o resultado sinalize uma atenuação do ritmo de queda do total de pessoal ocupado na economia brasileira ao longo dos próximos meses, o indicador ainda permanece em um patamar muito baixo, na avaliação do economista da FGV Fernando de Holanda Barbosa Filho, e sinaliza para um mercado de trabalho bastante difícil nos próximos meses.

“O Indicador Antecedente de Emprego, mesmo mostrando recuperação agora em março, ainda se encontra em um patamar muito baixo, o que sinaliza um mercado de trabalho ainda fraco nos próximos meses”, disse o economista.

Para ele, a queda observada no Indicador Coincidente de Desemprego (ICD) nos últimos meses “não indica forte recuperação, nem redução da taxa de desemprego a curto prazo, o que significa que os indicadores apontam para um mercado de trabalho ainda bastante difícil”, nos próximos meses.

Desemprego

Em consequência da elevação do Indicador Antecedente de Emprego, o Indicador Coincidente de Desemprego recuou em março 0,2%, para 97,5 pontos. “Esta é a terceira queda consecutiva do indicador, sinalizando acomodação da taxa de desemprego neste primeiro trimestre”, informa a FGV.

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias