Envie seu vídeo(11) 97569-1373
segunda 21 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 20/09/2020
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
PMMC COVID SAÚDE

Confusão entre Guardas Civis e grafiteiros será investigada em Mogi

14 JUN 2016 - 08h00

A Secretaria Municipal de Segurança de Mogi das Cruzes abriu uma sindicância para apurar o caso de quatro grafiteiros que foram presos no domingo, após uma confusão envolvendo a Guarda Civil Municipal (GCM). Testemunhas contaram que a guarda agiu com agressividade.

No domingo, aconteceu um evento no Mogi Skate Park, situado no bairro Mogilar, em Mogi das Cruzes, que foi organizado pela Associação dos Skatistas da cidade. Além disso, foi liberado um espaço para grafiteiros mostrarem seu trabalho.

Segundo a Secretaria de Segurança, o limite do espaço não foi respeitado pelos participantes.

Um vídeo gravado durante a ação dos guardas prendendo os grafiteiros foi divulgado na internet. É possível ver um dos grafiteiros algemado e outro desmaiado. A Secretaria de Segurança informou que o vídeo disponibilizado em redes sociais apresenta apenas o momento final do ocorrido.

A Guarda contou que durante patrulhamento encontraram dois homens pichando um muro atrás do Ginásio Municipal de Esportes. Logo, outro grafiteiro apareceu, que, segundo os guardas, começou a xingá-los. Ainda, contaram que o grafiteiro tentou agredir um deles e para revidar, o guarda usou spray de pimenta. Ele informou no Boletim de Ocorrência (B.O.) que o uso foi para autodefesa.

A GCM também disse que usou força moderada para imobilizar os homens, que até o momento eram três. Mas, em meio aos populares, um homem começou a gritar palavrões e também foi detido. Com ele, foi encontrado um papelote de maconha, que era para uso pessoal.

De acordo com a Secretaria de Segurança, dois guardas municipais solicitaram aos presentes que parassem com a ação e se limitassem ao trecho previamente autorizado. Estes foram hostilizados, necessitando de reforço. Ainda, os guardas teriam sido novamente hostilizados e agredidos, sendo que dois GCM ficaram feridos. Quatro pessoas foram detidas e conduzidas ao 1º Distrito Policial de Mogi das Cruzes, onde foi registrado Boletim de Ocorrência por danos ao patrimônio público, porte de entorpecente, desacato e resistência à prisão.

A Secretaria Municipal de Segurança lembra que é uma preocupação da Administração Municipal o treinamento contínuo dos guardas municipais para o atendimento adequado de ocorrências, visando garantir a segurança da população e a integridade do patrimônio público.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias