Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sábado 28 de março de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 27/03/2020
Secretaria de Estado da Saúde Campanha Coronavirus
CENTRO MÉDICO
COVID
Itaquá

Filha e genro são suspeitos de planejar morte de idosa por causa de indenização de 350 mil

Policiais militares conseguiram desvendar crime após duas horas

Por Marcus Pontes - de Itaquá22 FEV 2020 - 17h17
Idosa foi morta no Jardim Odete, em ItaquáFoto: Divulgação

Um casal foi preso pela Polícia Militar neste sábado, 22, suspeito de planejar a morte da aposentada Marivalda dos Santos, de 61 anos. De acordo com os policiais, o crime foi motivado por conta de uma indenização na qual a idosa iria receber no valor de R$ 350 mil. Ocorreu no Jardim Odete, em Itaquá.

 

A hipótese é que o crime tenha sido planejado há dias. Isto porque, de acordo com a polícia, a suspeita estava morando com a vítima sob alegação de que teria brigado com o marido e precisava de acolhimento da mãe.

 

De acordo com a polícia, os indícios apontam que a vitima foi morta durante a madrugada. Testemunhas relatam ter ouvido barulhos neste período.

 

O corpo de Marivalda só foi encontrado na manhã deste sábado. Policiais e o Samu foram chamados para atender a um caso de morte natural. Um socorrista, porém, viu indícios de que a vítima tinha sido estrangulada.

 

Ainda de acordo com a polícia, a filha da suspeita revelou que a mãe e o padrasto mataram a avó devido a uma indenização de R$ 350 mil.

 

O casal preso foi conduzido à Delegacia e deve responder por homicídio qualificado. A polícia apreendeu celulares e ainda procura pelo cartão do banco da vítima. A ação foi realizada pelo Cabo Augusto e a Cabo Trindade.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias