Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sexta 23 de outubro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 23/10/2020
DR JÚLIO CÉSAR - JURÍDICO CDP
SOUZA ARAUJO
Pmmc Sarampo Outubro
ÚNICCO POÁ
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO

Filho drogado mata mãe e ‘estupra’ cadáver

25 OUT 2015 - 07h00

Um homem, de 27 anos, foi preso, em flagrante, no bairro Vila Cleto, em Poá, após matar a mãe, de 60 anos, durante uma discussão na noite de sexta-feira. A vítima teve o pescoço cortado. De acordo com o boletim de ocorrência, o filho, que teria usado cocaína, ainda teria tido relações sexuais com o cadáver.

A Polícia Militar (PM) foi acionada pelo Centro de Operações da Polícia Militar (COPOM), por volta das 23h30, para atendimento de ocorrência. Segundo a PM, o próprio jovem havia chamado os policiais, alegando, inicialmente, que a mãe, havia se suicidado.

Chegando a residência, na Rua Imirim, os policiais encontraram a senhora deitada no sofá com uma faca na mão e coberta com uma manta. Foi solicitada a presença do delegado e de uma equipe de perícia do Instituto de Criminalística (IC) de Mogi das Cruzes.

A perícia constatou, que a vítima estava deitada com a roupa íntima arriada e com um corte profundo no pescoço. Questionado pelo delegado sobre a cena do crime, o perito relatou que a mesma não era compatível com um ato de suicídio. Segundo as análises da perícia, o posicionamento da faca na mão direita da vítima não era compatível com o modo em que o corte foi feito. Além disso, a posição em que vítima estava colocada no sofá evidenciou alteração do local e a roupa íntima arriada indicava ocorrência de abuso sexual.

Depois disso, o filho da vítima confessou o crime, dizendo que matou a mãe após uma discussão. Assumiu também que, após praticar o assassinato, abusou dela sexualmente. Disse ainda, que colocou a faca na mão da vítima para dar impressão de suicídio e depois ligou para a polícia. Diante dos fatos, foi dada voz de prisão ao homem que foi conduzido a delegacia.

De acordo com o boletim de ocorrência, o autor do crime, teria consumido dois pinos de cocaína na rua e quando voltou para casa, onde morava só ele e a mãe, começaram a discutir, pois ela não queria deixá-lo sair para ir a uma balada. O homem conta que a mãe pegou uma faca e foi até a sala ameaçando se matar caso ele saísse. Ele conseguiu tomar a faca da mãe, e o objeto caiu no chão. Então, após ter sido arranhado, ele deu um golpe conhecido como "mata leão" na mãe, pegou a faca e cortou o pescoço da vítima. Em seguida, manteve relação sexual com ela.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias