Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quarta 12 de dezembro de 2018

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 11/12/2018
PMMC BAZAR SOLIDARIO 2018
MRV DEZEMBRO - 13º EM DOBRO
PMMC DEZEMBRO - SALA DO EMPREENDEDOR

Horas após deixar cadeia, homem volta a ser preso por ameaça em Suzano

Suspeito cumpria pena, depois de agredir uma parente gestante. Mulher perdeu o filho, em decorrência das agressões

Por Marcus Pontes - de Suzano06 DEZ 2018 - 11h11
Patrulha Maria da Penha prendeu suspeito, após descumprir medida protetivaFoto: Wanderley Costa/Secop-Suzano
Horas após sair do Centro de Detenção Provisória (CDP), um homem voltou a ser preso por descumprir uma medida protetiva. A Justiça determinou que o suspeito ficasse longe da vítima. O caso aconteceu nessa quarta-feira à noite (5), no bairro Monte Sion, em Suzano. 
 
Segundo a Guarda Civil Municipal, a vítima faz parte do programa da Patrulha Maria da Penha, que foi criado com o objetivo de promover a proteção da comunidade suzanense frente a casos de violência contra a mulher, prevista na lei federal nº 11.340/2006, a “Lei Maria da Penha”. Atualmente, conta com oito agentes dedicados ao trabalho de acompanhamento de vítimas e à preparação de todo o contingente da força municipal para o atendimento de ocorrências de tal natureza. 
 
Depois do pedido de ajuda, agentes municipais foram ao local. Mesmo com ordem da Justiça, o suspeito descumpriu e estava dentro da casa da vítima, inclusive realizando ameaças. Por isto, ele foi preso novamente e levado à delegacia. 
 
Histórico de violência
 
De acordo com a GCM, o homem preso tem histórico violento. Os guardas não revelaram quando, mas, o suspeito cumpria pena no CDP, após agredir uma parente gestante. As agressões fizeram com que a vítima perdesse o bebê. 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias