Envie seu vídeo(11) 4745-6900
sábado 27 de fevereiro de 2021

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 26/02/2021
DR JÚLIO CÉSAR - JURÍDICO CDP
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
CENTRO MÉDICO

Mãe de irmãs suspeitas de homicídio fala à polícia

11 SET 2016 - 08h00

A terceira suspeita por participar do assassinato de um homem de 52 anos, que aconteceu na última quarta feira, foi ouvida na Delegacia de Suzano. A mulher, de 42 anos, é mãe das duas jovens, de 18 e 22 anos, que foram presas em flagrante pelo crime.

A vítima foi encontrada ferida com tiros no pescoço e na cabeça em um posto de gasolina na Rua Prudente de Morais, na Vila Santana. Ele foi socorrido, mas não sobreviveu.

As duas jovens foram encontradas pela polícia logo após o assassinato, fugindo do local do crime, e assumiram o delito. Testemunhas haviam contado á polícia ter visto três mulheres saírem correndo do carro. Com base em depoimentos, a polícia identificou a mãe como suspeita.

De acordo com a divulgação da polícia, as irmãs tentaram esconder a identidade da comparsa.

A mãe irá responder em liberdade, já que não houve flagrante. As duas jovens foram encaminhadas para a cadeira feminina de Poá

ENTENDA O CASO

Por volta das 23 horas de quarta-feira a Polícia Militar (PM) foi chamada para o local do crime.

A vítima estava no carro que pertencia à esposa dele.

Após o barulho de disparos as três suspeitas saírem correndo do carro, a vítima foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e levado ao Pronto Socorro (PS) da Santa Casa da cidade. Quase meia hora depois do crime, ele morreu no hospital.

A suspeita de 18 anos foi encontrada logo depois. Ela estava caminhando a cerca de 500 metros do posto de gasolina. Ela levou os policiais até um matagal, local onde jogou a arma usada no crime, entretanto, não foi encontrada. Uma blusa com manchas de sangue e sete braçadeiras de plástico, conhecido como enforca gato, foram encontradas em um bolso da roupa.

A jovem de 22 anos, que se apresentou, contou que o motivo de ter matado o homem, foi por ele ter tentado estuprar a irmã. O caso ainda está sendo investigado.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias