Envie seu vídeo(11) 97569-1373
segunda 25 de março de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 23/03/2019
PMMC SEMAE
CENTERPLEX SUZANO
Mogi-Dutra

Médico é suspeito de participar de racha e causar capotamento com família argentina

Em 2011, quando era estudante de medicina, o suspeito se envolveu em acidente semelhante e causou morte de uma pessoa

Por Marcus Pontes - de Mogi14 JAN 2019 - 11h23
Carro de turistas argentinos foi atingido por veículos em rachaFoto: Débora Carvalho/Tv Diário

A Polícia Civil identificou o primeiro motorista suspeito de participar de um racha, no sábado à tarde (12), na Rodovia Pedro Eroles (SP-98), a Mogi-Dutra, e causar um acidente o qual deixou uma família de argentinos ferida. De acordo com a investigação, o suspeito é médico e tem 40 anos. Agora, o objetivo é identificar o segundo motorista envolvido no racha. 

A polícia deve analisar se pedirá ou não mandado de prisão contra o médico. Ele pode responder pelos crimes de lesão corporal e participação, na direção de veículo automotor, em via pública, de corrida. Fontes ouvidas pelo DS revelaram que esta não é a primeira vez que o suspeito se envolve em um acidente na estrada.

Em 2011, quando ainda era estudante de medicina, o suspeito teria perdido o controle do carro, à época um veículo de luxo, e colidido contra uma moto e um furgão, na Rodovia Ayrton Senna (SP-70), em Guarulhos. O jovem Aldemi de Lima Ramos, de 26 anos, foi atingido violentamente. Ele foi socorrido ainda com vida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. A reportagem apurou que havia suspeitas de racha, mas, a informação não foi confirmada pela polícia.

Caso recente

Oito anos depois, um novo acidente. Desta vez, nenhuma pessoa morreu. De acordo com a Polícia Militar Rodoviária (PMRv), o veículo em que a família argentina estava seguida para Mogi das Cruzes, quando dois veículos passaram em alta velocidade. 

Um dos carros atingiu com o carro da família, no quilômetro 40. A força da batida fez com que o veículo capotasse e só parasse na Mogi-Dutra, sentido São Paulo. As vítimas foram socorridas ao Hospital Luzia de Pinho Melo, mas não tiveram ferimentos graves. 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias