Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quarta 02 de dezembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 02/12/2020
Sec de Governo - Educação Kit de Atividades 02 - Dezembro
DR JÚLIO CÉSAR - JURÍDICO CDP
Sec de Governo - Educação Kit de Atividades - Dezembro

Megaoperação detém quadrilha especializada em roubo de carga

17 MAI 2016 - 08h00

Dezessete pessoas foram presas em uma megaoperação realizada ontem pela Delegacia Seccional de Mogi das Cruzes. As investigações duraram dois meses. Segundo o delegado Alexandre Batalha, os bandidos atuavam na região há pelo menos quatro meses. Dentre os presos está o dono de uma transportadora de veículos localizada em Poá. Apenas um integrante do bando ainda permanece foragido.

O delegado responsável pelo caso explicou que as investigações se iniciaram após um assalto falho ocorrido na Vila Industrial, em Mogi das Cruzes. A data do crime não foi mencionada.

Na ocasião, os bandidos não conseguiram levar um caminhão, tendo em vista que deixaram um aparelho bloqueador de sinal cair.

À medida que se aprofundavam as investigações, os policiais descobriram que a quadrilha havia executado dez assaltos, sendo que um deles rendeu um lucro de R$ 1,2 milhão. Este roubo foi em março deste ano, em Americana, interior paulista. “Foram dois meses de intenso trabalho. É uma quadrilha que tem três receptadores, além de que era extremamente perigosa, já que eram organizados e usavam armas pesadas e instrumentos sofisticados. E muitas vezes restringia a liberdade de suas vítimas”, destacou Batalha.

Ao todo, a megaoperação teve a participação de 100 policiais, que cumpriram 40 mandados - 30 de busca e apreensão e 10 de prisão. As prisões foram feitas em Ferraz de Vasconcelos, Itaquaquecetuba, Poá, Suzano, Guarulhos e, inclusive, na Capital.

TRABALHO SIGILOSO

Um dos diferenciais desta megaoperação foi que as instruções foram dadas minutos antes da ação. "Um deles tinha uma transportadora de veículos. Ele tinha a 'missão' de armazenar mercadorias roubadas. O irmão dele também foi preso", explicou Batalha.

O delegado contou ainda que um assaltante foi preso no apartamento em que residia em Itaquaquecetuba. Ele foi surpreendido enquanto dormia. No local foram localizadas peças de roupas e um relógio. Segundo a polícia, a mercadoria faz parte de uma carga roubada. Também foi encontrado um caminhão com a placa clonada.

"Resolvemos fazer uma nova (operação) para dar mais segurança aos motoristas que trabalham nas rodovias da nossa região", contou Batalha.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias