Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sexta 21 de setembro de 2018

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 20/09/2018
MRV AGOSTO - SÁLVIA
PMMC SETEMBRO - ENTRE
PMMC - SETEMBRO FOOD TRUCK SOLIDÁRIO

Menina de 11 anos desmaia e é estuprada após beber bebida 'batizada' em Itaquá

Até o momento, a polícia não identificou nenhum dos suspeitos

Por Marcus Pontes - de Itaquá13 JUN 2018 - 17h23
Caso foi registrado na Delegacia Central de ItaquaquecetubaFoto: Arquivo/DS

Uma menina, de 11 anos, foi estuprada após desmaiar ao beber um refrigerante 'batizado' em Itaquaquecetuba. Os abusos sexuais ocorreram na casa de uma amiga. Essa segunda garota, de 13 anos, é suspeita de ter entregado a bebida para vítima. A Polícia Civil tenta identificar os homens que participaram dos abusos sexuais. 

O crime aconteceu nessa segunda-feira, dia 11. A garota ficou desaparecida por cerca de 14 horas. De acordo com a polícia, a menina saiu de Suzano para ir à casa de uma amiga, que mora a cerca de 9,3 quilômetros de distância. 
 
Ao chegar na residência, a garota disse ter sido recepcionada por dois homens, de aproximadamente 17 e 30 anos. Ambos, inclusive, passaram as mãos na região íntima da garota e tentaram tirar suas roupas. Os atos, porém, foram barrados pela vítima.
 
Ainda segundo a polícia, a garota relatou no Boletim de Ocorrência (B.O.) que um dos indivíduos chegou a apertar seu pescoço e obrigá-la a praticar atos libidinosos. Ela, novamente, negou. Em seguida, a amiga da vítima surgiu e ofereceu um copo com refrigerante. Foi neste momento que a menina bebeu e sentiu tontura. Só recobrou a consciência horas depois, com a chegada da mãe.
 
Além disso, a polícia disse que a mãe da garota não justificou como a encontrou. Disse apenas que a menina estava nua na cama de um imóvel, próximo a uma comunidade de Itaquá. O caso segue sob investigação da Delegacia Central da cidade. 
 
Até o fechamento desta reportagem, a polícia não tinha detalhes específicos quanto à identificação dos suspeitos.
 
 
 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias